Circuito Aberto começa nesta quarta propondo diálogo sobre as ocupações artísticas

Evento vai até dezembro no Circuito Cultural da Praça da Liberdade

por Carolina Braga 29/10/2014 08:25

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Nereu Jr./Divulgação
O grupo Breaking no Asfalto vai apresentar esta noite a performance 'Se essa rua fosse nossa' (foto: Nereu Jr./Divulgação )
Serão 21 atividades distribuídas pelos 12 espaços do Circuito Cultural da Praça da Liberdade, tudo com entrada franca. Mas o Circuito Aberto – Diálogos Cênicos, projeto vencedor do edital para organizar a programação do complexo voltada para as artes cênicas, começa hoje propondo mais que atrações. Vale também a reflexão: qual o futuro das ocupações artísticas daqueles locais. Diálogo é palavra-chave.


“Vivemos um momento muito bonito da organização dos artistas da cidade. De alguma forma, pensamos em como podemos cada vez mais estabelecer diálogos em todas as instâncias, seja para tratar de formação de público ou outros temas”, diz Bárbara Bof, integrante da No Ato Cultura Educação e Meio Ambiente, responsável pelo projeto. Segundo ela, tomando como exemplo a escola dos espectadores, do pesquisador argentino Jorge Dubatti, a ideia é que a cada atração o público encontre espaço aberto para conversar com os mediadores. “Eles vão acompanhar a programação e estarão ali também para dialogar da forma mais singela possível”, completa.


Até 10 de dezembro, toda quarta-feira será dia de Diálogos Cênicos na Praça da Liberdade. Hoje, a programação começa com um ateliê de crítica e reflexão teatral, seguido de ações na área da dança. Se essa rua fosse nossa é uma performance do coletivo Breaking no Asfalto. Logo após, o Família de Rua apresenta 'FDR AllStyles – Desafio na pista'. Desta vez a galera responsável pelo Duelo de MCs propõe o desafio para dançarinos de breaking, popping, locking, hip-hop dance, house e dança contemporânea. O DJ Robinho será o responsável pela trilha sonora.

E mais De acordo com Bárbara Bof, um dos objetivos do projeto é fazer com que o público se aproprie mais intensamente dos equipamentos do circuito. “É importante entender que aquele lugar é para a fruição de todos”, ressalta a gestora. A defesa é de que não basta ao poder público construir. É também importante adotar medidas que garantam a democratização do acesso.
Todas as atrações do Diálogos cênicos são gratuitas. Para entrar naquelas realizadas em espaços fechados do circuito, a produção pede a doação de um livro para a ampliação da biblioteca do Centro Cultural “Lá da Favelinha”, do Aglomerado da Serra, e para o Grupo de Apoio Social Solidariedade (Gass), que funciona em Santa Tereza.

 

PROGRAMAÇÃO

» Hoje
Das 9h às 13h –
Ateliê de Crítica e Reflexão Teatral (Centro de Arte Popular)
18h30 – 'Se essa rua fosse nossa' (Praça da Liberdade)
19h – 'FDR Allstyles – Desafio na pista' (Praça da Liberdade)
20h30 – 'Dança em projeção' (Praça da Liberdade)

 

CIRCUITO ABERTO – DIÁLOGOS CÊNICOS
Espetáculos todas as quartas-feiras, desta quarta a 10 de dezembro, no Circuito Cultural Praça da Liberdade. Atividades gratuitas. Informações no site do evento.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE E-MAIS