Leilão de obras assinadas por Miró, Picasso e Monet em Nova York deve ultrapassar R$ 500 milhões

Obras de arte impressionista e moderna serão oferecidas no próximo dia 4 nos EUA

por Fernanda Machado AFP 20/10/2014 20:34

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Pablo Picasso/Reprodução
'Hombre sentado' (1965), autorretrato de Picasso, pode chegar a R$ 30 milhões em leilão (foto: Pablo Picasso/Reprodução)
O leilão de arte impressionista e moderna de Nova York começa em 4 de novembro, com obras dos espanhóis Pablo Picasso e Joan Miró, três pinturas do francês Claude Monet, um óleo do holandês Vincent Van Gogh, entre outras peças - informou a casa Sotheby's nesta segunda.

As estrelas da noite serão, porém, as esculturas "Chariot" (1951-52), do suíço Alberto Giacometti, estimada em mais de US$ 100 milhões, e "Cabeça" (1911-12), do italiano Amedeo Modigliani, ainda sem o preço inicial. "Vaso com margaridas a papoulas" (1890), uma das mais conhecidas naturezas mortas de Van Gogh, deve ser vendida entre US$ 30 milhões e US$ 50 milhões, divulgou a Sotheby's.

A tela "Hombre sentado" (1969), de Picasso, pode alcançar US$ 12 milhões, enquanto uma escultura em bronze do catalão Joan Miró poderá ser vendida na faixa dos US$ 6 milhões a US$ 9 milhões. Ao todo, serão leiloadas 15 obras de Picasso e quatro de Miró. O valor total das três obras de Monet que estarão disponíveis pode superar os US$ 40 milhões.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE E-MAIS