Escritor Ozório do Couto lança o 'Lyra aterradense'

Noite de autógrafos será nesta quinta-feira, na Academia Mineira de Letras

por Fernanda Machado 02/10/2014 07:30

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Adi Edições/Reprodução
A Lyra Vicentina Aterradense, por Mário Mariano (foto: Adi Edições/Reprodução )
Ozório do Couto lança 'Lyra aterradense', às 19h, na Academia Mineira de Letras (Rua da Bahia, 1.466, Lourdes). Homenagem à cidade de Luz, na Região Centro-Oeste do estado, o volume reúne 40 cantos alusivos à história e aos moradores do município.

A Luz do poeta tem um quê de nostalgia, em meio a bananeiras empencadas de banana-caturra, mangas coração-de-boi, licores de jenipapo e flores de maracujá. Matriarcas luzenses ganham versos de Ozório, assim como conterrâneos ilustres, como o escritor Ronaldo Costa Couto (ex-ministro do Interior e autor de vários livros sobre Tancredo Neves) e seu irmão Élcio, o coreógrafo Tíndaro Silvano e a arte-educadora Noemi Macedo Gontijo, fundadora do Salão de Encontro de Betim.

“Se pensarmos somar/ o bem da historiografia,/ é preciso registrar/ como numa fotografia”, escreve Ozório. Hoje à noite, a sessão de autógrafos vai contar com uma convidada especial: a banda Lyra Vicentina Aterradense, que completou 95 anos no mês passado. O livro traz ilustrações assinadas por Ziraldo, Yara Tupynambá e Olímpia Couto, entre outros artistas.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE E-MAIS