Jornalista Boris Feldman lança livro nesta quarta-feira

Obra intitulada 'Noiva mecânica' reúne crônicas do autor. Título é homenagem à coluna que Feldman escrevia na década de 1980

por Estado de Minas 01/10/2014 08:41

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.

Rafael Motta/TV Alterosa
Hoje à noite, o jornalista mineiro Boris Feldman lança livro no Oi Futuro (foto: Rafael Motta/TV Alterosa)
Na década de 1980, o jornalista belo-horizontino Boris Feldman assinava uma coluna chamada “Noiva mecânica”. Expert em carros, o editor do caderno 'Vrum' do Estado de Minas escolheu o mesmo título para seu livro de crônicas que será lançado nesta quarta, às 19h30, no Teatro Oi Futuro Klauss Vianna.


Feldman conduz o leitor por uma viagem pelo mundo motorizado. Em “O piloto e o pescador”, a primeira crônica, ele lembra legados da Fórmula 1 para o nosso dia a dia: da Ferrari de Michael Schumacher veio o luxo de não se pisar mais no pedal da embreagem; a fibra de carbono extrapolou o universo dos bólidos esportivos para dar mais conforto aos passageiros de viagens aéreas, garantindo providenciais centímetros que impedem colisões de joelhos.


A tecnologia pode andar a mil, mas o “antigomobilismo” se propaga entre gente de todas as idades, revela o autor em “Doença sem cura”. Os “pacientes” rodam por ferros-velhos atrás de carburador de Karmann Ghia, babam por Cadillacs e não admitem trocar o Fordinho 29 por um Rolls Royce. Antes que nostálgicos enlouqueçam por um Buickão 48, Boris avisa: o humilde Gol pesa a metade da relíquia, mas é muito mais seguro.


Falar em segurança, o jornalista revela dissabores. Teve de engolir a seco a cena com que deparou na porta de casa. Certo dia, ele assistiu à brincadeira da vizinha com o filho: de pé no banco da motorista, a criança, toda feliz, “dirigia” para a mãe. Feldman, a contragosto, preferiu se calar. Da outra vez, quando tentou advertir outro pai irresponsável, ouviu: “O filho é meu. Você não tem nada a ver com isso”.


'Noiva mecânica', certamente, vai divertir os carromaníacos. Mas também alerta para aberrações nacionais: a Lei Seca não pegou, prossegue a venda de bebidas alcoólicas nas estradas, lombadas eletrônicas passam anos inativas. Infelizmente, somos o país da morte anunciada, lamenta o inconformado cronista.

 

NOIVA MECÂNICA
Crônicas ligeiras sobre rodas, de Boris Feldman. Editora Gutenberg, 128 páginas, R$ 29,90. Lançamento nesta quarta, às 19h30. Teatro Oi Futuro, Avenida Afonso Pena, 4.001, Mangabeiras



VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE E-MAIS