Beata mineira Nhá Chica será homenageada por escola de samba no carnaval do Rio

'Mãe dos Pobres' de Baependi foi escolhida como tema da Tradição, do Grupo B

por Fernanda Machado 30/09/2014 16:00

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Gladyston Rodrigues/EM/D.A Press
(foto: Gladyston Rodrigues/EM/D.A Press)
A Beata mineira Nhá Chica, de Baependi, será o tema da escola de samba carioca Tradição no Carnaval do Rio de Janeiro. A escola, que hoje está no Grupo B, se encantou com a história da negra filha de escrava que foi beatificada em 2013 pela Igreja Católica. O nome do tema é 'Nhá Chica: a beata negra e guerreira do Brasil' e o carnavalesco será Leandro Valente.

Nhá Chica, segundo historiadores e contadores de histórias, nasceu na zona rural de São João Del Rei em 1810. Ela se dedicou a fé e a caridade após a morte de sua mãe, mesmo analfabeta e negra – em uma época em que a escravidão ainda existia. Ela morreu no dia 14 de junho de 1895. Era chamada pelo povo de 'Mãe dos Pobres' e 'Santa de Baependi'.

A primeira sinopse anunciada pela Tradição veio com alguns erros sobre a história da beata: segundo representantes locais da Igreja, o texto dizia que ela nasceu fruto de um estupro, entre outras falhas. Mas conversas entre as duas partes já estão acontecendo para que o samba-enredo seja fiel à história oficial de Nhá Chica.

A Tradição competiu pela última vez no Grupo Especial em 2005. Em 2015 a escola se apresentará no domingo de carnaval, na Estrada Intendente Magalhães, no Grupo B, que é uma espécie de terceira divisão do desfile das escolas de samba do Rio, depois do Grupo Especial e da Série A e antes dos Grupos C, D, E e do Grupo de Avaliação.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE E-MAIS