Relação de Belo Horizonte com o teatro é tema de exposição no Museu Abílio Barreto

MHAB recebe mostra '3º sinal' até o fim de 2015; acervo traça narrativas sobre artes cênicas na capital sob o ponto de vista de quem produz e de quem assiste

por Bossuet Alvim 29/09/2014 18:50

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.

Guto Muniz/Divulgação
Pré-estreia de 'Romeu e Julieta', do Grupo Galpão (1992) no distrito de Morro Vermelho, Região Metropolitana de BH: cena efervescente do teatro na capital é explorada em exposição (foto: Guto Muniz/Divulgação)
Palco do Festival Internacional de Teatro, Campanha de Popularização e Festival Internacional de Teatro de Bonecos — entre várias iniciativas — e sede para duas grandes escolas de atuação, Belo Horizonte é uma cidade com envolvimento profundo com as artes cênicas. Esta premissa é comprovada pelo acervo da exposição '3º sinal: Belo Horizonte em cena', que revela caminhos de artistas e do público de teatro na capital mineira em três módulos. A mostra segue em cartaz no Museu Histórico Abílio Barreto (MHAB) até o fim de 2015 e tem entrada franca.

O primeiro espaço da exposição apresenta o teatro como um ofício coletivo, através do mapeamento de movimentos do setor e a contemplação de personagens que refletem a identidade e o cotidiano de BH. Já o setor Caixa Cênica dedica-se às memórias da construção de edifícios que abrigam os palcos na capital, além de resgatar para a plateia os ambientes que já não existem.

 

No último módulo, a cortina se abre pelo outro lado: em Bastidores são retratados espaços apontados como pontos de encontro por artistas e demais trabalhadores do teatro, onde a troca de ideias promove diálogo entre diversas expressões e linguagens. Também são destacados os locais onde acontece a preparação dos atores na cena belo-horizontina.

 

'3º sinal: Belo Horizonte em cena'

Exposição no Museu Histórico Abílio Barreto (Av. Prudente de Morais, 202, Bairro Cidade Jardim), com entrada franca. Aberta às terças, sextas, sábados e domingos, das 10h às 17h; 4ª e 5ª feira, das 10h às 21h. 

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE E-MAIS