Mundialito de Rolimã reúne dezenas de competidores sobre carrinhos neste sábado

Bairro Salgado Filho recebe terceira edição da competição, que valoriza o tradicional equipamento montado com madeira e rolamentos de aço

por Bossuet Alvim 26/09/2014 14:55

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.

Cristina Horta/EM/D.A Press
Montagem artesanal do carrinho faz piloto se dedicar à disputa ainda antes da corrida (foto: Cristina Horta/EM/D.A Press)
Rodas pouco convencionais vão esquentar o asfalto no Bairro Salgado Filho, Região Oeste de Belo Horizonte, na tarde deste sábado, 27. A terçeira edição do Mundialito de Rolimã do Abacate vai reunir dezenas de competidores — são 88 vagas divididas por três categorias — em uma competição que tem como principais combustíveis a criatividade e a energia de cada participante, além da aerodinâmica de suas 'máquinas'. A premiação é simbólica e as inscrições serão concluídas nesta sexta-feira (clique aqui para ver a ficha de inscrição).

 

O carrinho é aquele que remonta à infância de várias gerações, feito de madeira e com rolamentos de aço. Quase sempre construído a partir de materiais reaproveitados, o equipamento de montagem artesanal exige que o corredor coloque mãos à obra ainda antes da corrida. Depois de pronto, mais força nas palmas: o piloto precisa ser hábil para frear e manobrar a estrutura, que ganha velocidade ladeira abaixo.

 

"O objetivo do Mundialito de Rolimã do Abacate é promover a paz, o amor e a folia na rua", informam os organizadores, que conseguiram integrar o evento ao calendário informal da capital mineira desde 2012. A edição deste ano foi antecedida por um aquecimento na Virada Cultural, ao fim de agosto, além de um 'Oficinão', que orientou os corredores quanto à montagem dos carrinhos no último dia 20. Além da competição, o Mundialito apresentará shows dos grupos Pata de Leão e Coco da Gente.

Cristina Horta/EM/D.A Press
Estilo é fundamental: categoria avalia corredores por design do carrinho e pelo próprio visual (foto: Cristina Horta/EM/D.A Press)
O campeonato é dividido em três modalidades e cada competidor pode se inscrever em uma categoria. No módulo 'velocidade', com 48 vagas, os participantes serão divididos em baterias entre 2 e 4 pessoas, com os mais velozes de cada grupo sendo classificados até a final. Já no modo 'estilo', limitado a 20 corredores, os juízes selecionarão o visual mais inusitado, levando em conta o look e a performance do competidor, além do design ostentado pelo carrinho.  Por fim a categoria 'manobra', reservada aos mais experientes, julgará as artimanhas de cada candidato na descida da ladeira. Os três melhores repetirão a descida e o vencedor será apontado pela avaliação média das duas corridas.

 

O Mundialito de Rolimã aceita inscrições de ambos os sexos, maiores de 18 anos. Menores podem se inscrever apresentando autorização por escrito dos pais ou responsáveis, que devem estar com o competidor no local da prova. A lista de requisitos mínimos para os corredores inclui equipamento de proteção e carrinhos que se apoiem exclusivamente sobre os rolimãs, sem pneus ou outro tipo de rodas. O clima lúdico é garantido pelas regras da disputa: "qualquer um que quebre a harmonia da brincadeira, ofendendo os organizadores, atrapalhando outros participantes e/ou desrespeitando o público, será desclassificado", adverte a organização.

 

Mundialito de Rolimã do Abacate

Sábado, 27 de setembro, na Rua Magi Salomon, altura do n° 215, Bairro Salgado Filho.

De 12h às 14h: pista aberta pra treinos | 14h às 15h: Campeonato de Velocidade | 15h às 17h: Campeonato de Manobras | 17h às 18h: Campeonato de Estilo | 18h: premiação | 18h30: show do grupo Pata de Leão | 19h30: show do Grupo Coco da Gente. Mais informações pela página do evento no Facebook.

Cristina Horta/EM/D.A Press
Carrinho é montado em diversos formatos, mas uso do rolimã (ou rolamento de aço) é obrigatório (foto: Cristina Horta/EM/D.A Press)



VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE E-MAIS