Novas turmas abertas para oficina de literatura em BH

Interessados devem enviar um conto para o Espaço Cultura Letras e Ponto

por Estado de Minas 26/08/2014 09:11

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Participar de uma oficina não significa que o aluno vai deixar a sala de aula como especialista em literatura ou apto a escrever um livro. Entretanto, aprender ali pode ajudar muito quem planeja se especializar ou virar escritor. A oficina criada por Assis Brasil, em Porto Alegre, chegou a revelar vários talentos. Em São Paulo, o contista e romancista Marcelino Freire está à frente de outra delas.

Em Belo Horizonte, o Espaço Cultura Letras e Ponto, idealizado pela poeta Dagmar Braga, tem oferecido oficinas bem-sucedidas. Alunos já publicaram livros: Everaldo Crispim (A tábua dos desejos), Júlio Silveira (Cachorro velho) e Cícero Christófaro (Tiros de arcabuz).

Autora do livro de poemas Geometria da paixão, finalista do Prêmio Jabuti em 2008, Dagmar explica que as aulas têm o propósito de estimular a curiosidade, sensibilidade, potencial de comunicação e a criatividade dos alunos. Ela também oferece bolsas para estudantes de baixa renda. O escritor Sérgio Fantini ministra o curso Para gostar de ler – oficina de contos.

“Vejo a oficina como um espaço de troca, além de ampliação do universo estético, da experimentação e do aumento de repertório, pois só escrevemos a partir do momento em que temos algo para dizer”, explica Dagmar.
Novas turmas serão iniciadas hoje. O candidato deve enviar um conto, acompanhado de pequena nota biográfica, para o e-mail oficina@letraseponto.com.br. A Letras e Ponto funciona na Rua Aimorés, 388, salas 501 e 502, Funcionários. Informações: (31) 3273-2374 e 3291-0471.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE E-MAIS