Grupo Primeira Campainha estreia no teatro de rua com 'À Tardinha no Ocidente'

História do Brasil é a temática central da peça que vai rodar praças públicas da Grande BH

por Fernanda Machado 22/08/2014 10:42

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.

Flávio Charchar/divulgação
(foto: Flávio Charchar/divulgação)
O grupo Primeira Campainha, um dos destaques da cena contemporânea das artes cênicas mineiras, estreia no teatro de rua. De amanhã até 7 de setembro, a peça À tardinha no Ocidente será apresentada em praças e parques da Grande BH.

O espetáculo conduz o público pela história do Brasil, relembrando fatos emblemáticos da trajetória de nosso povo, como os conchavos da Velha República, a ascensão e o suicídio de Getúlio Vargas, a ditadura civil-militar imposta em 1964, a redemocratização nos anos 1980 e o confisco da poupança na década de 1990.

Às atrizes da Primeira Campainha (Marina Arthuzzi, Marina Viana e Mariana Blanco) se juntaram os convidados Dayane Lacerda, Denise Lopes Leal e Byron O’Neill. Marina Viana explica que ocupar a rua é fundamental para o artista interessado em se aproximar do público. O projeto expressa também uma atitude política em relação à cidade, observa ela.

A peça integra a agenda do projeto Pé na rua, do Galpão Cine Horto. Ele chega à 10ª edição se propondo a consolidar novas relações entre o cidadão e a comunidade artística, além de estimular pesquisas inéditas desenvolvidas por coletivos de artes cênicas.

À TARDINHA NO OCIDENTE

Sábado – Às 16h, na Praça Floriano Peixoto, Bairro Santa Efigênia
Domingo – Às 10h, na Praça Milton Campos, em Betim, perto da Casa de Cultura
Dia 30 – Às 16h, na Barragem Santa Lúcia. Perto da Casa do Beco (Av. Arthur Bernardes, 3.876, Santa Lúcia)
Dia 31 – Às 16h, na Praça JK, no Sion
6 de setembro – Às 16h, no Parque Municipal, Av. Afonso Pena, s/nº, Centro
7 de setembro – Às 15h30, no Teatro de arena do Parque Mangabeiras, Serra

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE E-MAIS