Relembre os trabalhos de Alexandre Severo, fotógrafo morto na queda do jato de Eduardo Campos

Artista pernambucano trabalhava na campanha do presidenciável; no currículo, ensaios e exposições aplaudidos pela crítica

15/08/2014 11:04

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.

Alexandre Severo/alexandresevero.com.br/Reprodução
No ensaio À flor da pele, Alexandre Severo fotografou irmãos albinos nascidos numa família de negros em periferia de Olinda: trabalho recebeu menção honrosa no prêmio Vladimir Herzog (foto: Alexandre Severo/alexandresevero.com.br/Reprodução)
Foram as fotos do ensaio 'À flor da pele' que renderam ao pernambucano Alexandre Severo menção honrosa no 31º Prêmio Vladimir Herzog de Anistia e Direitos Humanos, em 2009. Entretanto, a relevância da obra do fotógrafo, morto no mesmo acidente aéreo do qual foi vítima o presidenciável Eduardo Campos, vai além. Uma olhada na página do artista no Tumblr é capaz de magnetizar o olhar por um bom tempo.

 

Confira o ensaio 'À flor da pele', obra mais aclamada de Severo

 

Entre seus outros ensaios mais destacados, um dos mais recentes é 'João de Deus – A fé em um homem', reportagem sobre João de Deus, médium brasileiro que realiza cirurgias espirituais na cidade de Abadiânia, em Goiás – foi publicada originalmente ano passado, na revista Cláudia. Outra série interessante é 'Amor de verdade' (2011), na qual usou os bonecos de brinquedo Barbie e Ken numa alusão aos relacionamentos homossexuais.

Alexandre Severo/alexandresevero.com.br/Reprodução
'João de Deus %u2013 A fé em um homem' acompanha trabalhos de um líder espiritual em Goiás (foto: Alexandre Severo/alexandresevero.com.br/Reprodução)
Já o conhecido ensaio 'À flor da pele' coloca em foco o cotidiano de três irmãos albinos nascidos numa família de negros em Olinda (PE). “Três irmãos que sobrevivem fugindo da luz, procurando alegria no escuro. O mais novo diz que é branco vira-lata. Os insultos do colégio viraram identidade. A mãe cochicha que são anjinhos”, definiu o próprio Severo no texto de apresentação do trabalho, disponível no site oficial do artista.

PELO MUNDO
O artista teve algumas de suas imagens divulgadas internacionalmente, a exemplo de publicação na revista norte-americana Time e de exposição na galeria Tate Modern, em Londres, na Inglaterra. Também teve trabalhos em eventos de fotografia como o Paraty em Foco e a Bienal Argentina de Fotografía Documental. Atualmente, ele estava encarregado de acompanhar a agenda da campanha de Eduardo Campos.

Nascido no Recife e radicado em São Paulo, Severo começou a fotografar em 2002. Graduou-se em Publicidade na Universidade Católica de Pernambuco, em 2011, e concluiu pós-graduação em fotografia na Fundação Armando Alvares Penteado (Faap), ano passado. Além de colaborações em revistas de circulação nacional, trabalhou nas redações do Jornal do Commercio, Folha de Pernambuco e no Diário de Pernambuco, este último dos Diários Associados.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE E-MAIS