Lilia Schwarcz conversa com o público no Palácio das Artes

Em obra autora investiga detalhes da formação da sociedade brasileira. Evento ainda vai rodar outras cidades mineiras

por Estado de Minas 12/08/2014 09:08

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Adriana Vichy/Divulgação
Lilia Schwarcz coordena trabalho coletivo sobre as grandes questões nacionais (foto: Adriana Vichy/Divulgação)
Autora de vários livros, entre eles, As barbas do imperador – Dom Pedro II, um monarca nos trópicos, de 1998, a professora titular do Departamento de Antropologia da USP, Lilia Moritz Schwarcz, lança hoje em Belo Horizonte o livro 'Agenda brasileira – Temas de uma sociedade em mudança'. No bate-papo com os leitores, na Sala Juvenal Dias do Palácio das Artes, ela estará acompanhada de André Botelho, co-organizador do volume, e da professora da UFMG Heloisa Starling, autora de um dos ensaios da obra. Em ano eleitoral de intenso debate sobre as questões nacionais, o evento faz parte de uma série de encontros que se estenderão a várias cidades mineiras, entre elas Nova Lima, Betim, Mário Campos, Sarzedo, Brumadinho, Uberlândia, Montes Claros e Juiz de Fora.

Para facilitar a vida do leitor, a coletânea original Agenda brasileira foi desdobrada em quatro livros: Nem preto nem branco – Cor e raça na sociabilidade brasileira (de Lilia Schwarcz); Cidadania, um projeto em construção (vários autores), As figuras do sagrado – Entre o público e o privado na religiosidade brasileira (de Maria Lúcia Montes) e Índios no Brasil (de Manuela Carneiro da Cunha). No conjunto, as obras propõem um amplo debate sobre a sociedade brasileira, nos seus mais diversos aspectos, que passam por temas ligados a desigualdade social, cultura popular, desenvolvimento, liberdade de expressão, saúde, segurança pública, ciência, religiosidade, diversidade sexual e arte contemporânea, entre outros.

Para refletir sobre os assuntos propostos, foram convidados intelectuais brasileiros ligados às mais diversas área do conhecimento, como Neide Esterci, Luiz Camilo Osório, Maria Alice Rezende de Carvalho, Luiz Carlos Bresser-Pereira e Bolívar Lamounier. O jornalista Eugênio Bucci é autor do texto “A imprensa brasileira: seu tempo, seu lugar e sua liberdade – e a ideia que (mal) fazemos dela”, e Fábio Feldman escreveu sobre a questão ambiental no Brasil.

De acordo com Schwarcz, um dos motivos que a levaram a organizar Agenda brasileira, ao lado de André Botelho, foi o desejo de que o debate em torno do desenvolvimento do país e da questão social se tornasse ainda mais atraente para o leitor não especializado. “Por isso reunimos acadêmicos e especialistas que vêm lidando, analisando e atuando nos temas que previamente selecionamos”, explica a organizadora.

Agenda brasileira – temas de uma sociedade em mudança
Lançamento do livro organizado por Lilia Moritz Schwarcz e André Botelho, Nesta terça, às 19h30, na Sala Juvenal Dias do Palácio das Artes, Avenida Afonso Pena, 1.537, Centro, dentro do projeto Sempre um papo. Entrada franca. Informações: (31) 3261-1501.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE E-MAIS