"O Brasil ficou mais pobre", diz Selton Mello sobre perda de Ariano

Assim como Matheus Nachtergaele, ator e diretor descreveu a importância do paraibano para a carreira e para o Brasil

por Diário de Pernambuco 24/07/2014 10:10

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Columbia Pictures/Divulgação
Mello e Nachtergaele na clássica interpretação de 'O Alto da Compadecida' no cinema (foto: Columbia Pictures/Divulgação)
Após Matheus Nachtergaele, o companheiro de cena na minissérie e no filme O auto da Compadecida também prestou homenagem a Ariano Suassuna. O ator e diretor Selton Mello, intérprete de Chicó, destacou a relevância da obra e do escritor para a cultura brasileira.

Ariano faleceu nesta quarta-feira às 17h15, no Real Hospital Português, no Recife, após decorrências de complicações de um AVC hemorrágico. Estava internado desde a última segunda-feira (21) e sofreu, hoje, uma parada cardíaca. Assim como Matheus, Selton ressalta a importância de Chicó na carreira e para o Brasil.

Confira o texto na íntegra:

"E o Brasil ficou mais pobre.
E triste.
Ariano, poeta entendedor do Brasil profundo.
Defensor de nossa riqueza cultural e emocional.
Sua obra descomunal fica para sempre.
Tive a honraria graúda de dar vida a um de seus passarinhos (era como se referia a seus personagens queridos).
Chicó fui eu, Chicó é Ariano, Chicó é tu.
Chicó e João Grilo têm morada no coração dos brasileiros.
E na minha mente e coração sempre estarão gravadas as palavras sublimes que proferi em "O Auto da Compadecida":
"Cumpriu sua sentença. Encontrou-se com o único mal irremediável, aquilo que é a marca do nosso estranho destino sobre a terra, aquele fato sem explicação que iguala tudo o que é vivo num só rebanho de condenados".
Celebre-se o homem, celebre-se o brasileiro, celebre-se o artesão das palavras.
E se um dia perguntarem se tudo que criou foi exatamente assim como ele idealizou, imaginarei Ariano dizendo com um sorriso de menino nos lábios 'Não sei, só sei que foi assim.'"

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE E-MAIS