Macaco mexendo no celular é 'candidato' a prêmio de fotografia

Quatro brasileiros também estão no Concurso do Museu de História Natural de Londres para a melhor foto da vida selvagem do ano

por Fernanda Machado 23/07/2014 12:08

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Marsel van Oosten / Divulgação
'Facebook update': foto de macaco curioso com um telefone celular nas mãos é concorrente ao prêmio do Museu de História Natural de Londres (foto: Marsel van Oosten / Divulgação)
Um macaco "atualizando status no Facebook"; uma leoa espreguiçando; uma mãe leopardo amamentando no meio da chuva. Estas são umas das cinquenta imagens candidatas ao prêmio de fotografia da vida selvagem do ano (WPY, na sigla em inglês), organizado pelo Museu de História Natural de Londres. O tradicional concurso completa o cinquentenário na edição de 2014.

A simpática foto do macaco da espécie fuscata, também chamado de macaco-japonês, foi tirada pelo holandês Marsel Van Oosten durante o inverno japonês. Em entrevista ao site especializado em fotografia 500px ISO, Marsel explicou que a viagem ao Japão durante a época fria é uma tradição que ele mantem junto com a companheira. "Um dos lugares que eu e minha esposa visitamos todos os anos é o Japão. Vamos lá fotografar águias, cisnes e os famosos macacos-japoneses".

Ainda na entrevista, Oosten explicou que a foto candidata ao WPY, batizada de 'Facebook update' ('atualização do Facebook' em tradução livre), foi clicada depois de um incidente envolvendo um turista no parque Jigokudani, no Japão, e o animal: "estava com um grupo fotografando os macacos quando turistas de um resort da região chegaram. Estávamos perto da borda de um dos termais quando um turista começou a tirar fotos com seu iPhone, se movendo para perto do macaco" explicou. "De repente o macaco agarrou o telefone e correu rapidamente para o meio do termal. O dono do celular gritava agoniado, mas o macaco estava muito fascinado pelo novo brinquedinho. Quando o animal decidiu fazer um teste com o aparelho debaixo d'água o dono quase infartou", brincou Marsel.

Brasileiros

Cinco fotografias de quatro brasileiros estão na disputa pelo concorrido prêmio. O paulistano Michael Patrick O'Neil, que atualmente mora nos Estados Unidos, concorre com 'Australian sea lion pups'. Uma imagem em preto e branco que mostra filhotes de leões-marinhos se divertindo no fundo do mar.

Michael Patrick O'Neill/Divulgação
'Australian sea lion pups' de Michael Patrick O'Neill (foto: Michael Patrick O'Neill/Divulgação)


Adriana Basques, fotógrafa brasileira que reside em San Francisco, EUA, concorre com duas fotografias. 'Piraputangas' é uma foto subaquática de um cardume dessa espécie de peixes, encontrada no Mato do Grosso do Sul, principalmente na região de Bonito. A outra foto é 'Big mouth', que mostra no detalhe um tubarão-baleia.

Adriana Basques/Divulgação
'Big mouth' de Adriana Basques (foto: Adriana Basques/Divulgação)


A revoada de um bando de morcegos em 'Bat festival' é a imagem com a qual concorre o fotógrafo João Paulo Krajewski, que mora em Florianópolis.

João Paulo Krajewski/Divulgação
'Bat festival' de João Paulo Krajewski (foto: João Paulo Krajewski/Divulgação)


O quarto brasileiro que concorre ao prêmio de 'Melhor foto da vida selvagem do ano' é Luciano Candisani. O fotógrafo disputa o posto com o trabalho 'Caiman night'. Em uma primeira vista rápida pode até parecer as luzes de uma cidade à noite, mas basta uma olhada mais detalhada para identificar logo os elementos principais da imagem:  incontáveis crocodilos na noite do pantanal brasileiro.

Luciano Candisani/Divulgação
'Caiman night' de Luciano Candisani (foto: Luciano Candisani/Divulgação)


A votação do público para o concurso de fotografia da vida selvagem do Museu de História Natural de Londres vai até o dia 5 de setembro no site. Cada pessoa tem direito a um voto. O resultado vai ser divulgado em outubro, e os cinco primeiros colocados vão participar de cerimônia de premiação na capital inglesa.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE E-MAIS