'Noturno nos Museus', com espaços abertos até mais tarde, acontece nesta sexta

Museus e centros culturais oferecem diferentes atrações gratuitas

por Fernanda Machado 18/07/2014 07:00

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.

RENATO STOCKLER/DIVULGAÇÃO
Na programação desta sexta-feira do Museu Histórico Abílio Barreto tem sarau com José Miguel Wisnik (foto: RENATO STOCKLER/DIVULGAÇÃO)
Trinta e duas instituições participam nesta sexta-feira do Noturno nos Museus de Belo Horizonte. Pelo segundo ano consecutivo, os espaços – tanto museus quanto centros culturais públicos e privados – ficarão abertos até mais tarde oferecendo, gratuitamente, diferentes atrações. Há lugares que vão somente estender o horário de suas exposições. Outros que incrementaram sua programação chamando artistas para performances e apresentações que vão ocorrer somente hoje. Modelo tomado emprestado de outras cidades do mundo, que durante uma noite deixam seus museus de portas abertas, o evento mineiro engloba exposições, oficinas, exibições de vídeos, instalações, oficinas, palestras, shows e apresentações de artes cênicas. O público só tem que prestar atenção ao horário. Cada instituição terá horário diferenciado, que, de maneira geral, não ultrapassa a meia-noite. Confira a programação completa no site www.bhfazcultura.pbh.gov.br.

DESTAQUES

Casa Fiat de Cultura
(Praça da Liberdade, 10, Funcionários)
Das 10h às 23h. Além da exposição Barroco Itália Brasil – Prata e ouro, que terá seu horário de visitação estendido, será apresentada a performance 1799: A revolução napolitana, que dialoga com a mostra. Com direção, dramaturgia e atuação de Anita Mosca, o espetáculo mistura diferentes linguagens para contar a história do Reino de Nápoles e Duas Sicílias.

Centro e Quatro
(Praça Ruy Barbosa, 104, Centro)
Das 19h à 0h. Instalação Ter sido passarinho tecido, de Efe Godoy, espetáculo A corda, com Grupo Contemporâneo de Dança Livre, intervenção sonora Chronophobia, com Marcelo Kraiser e Marco Scarassati, e espetáculo teatral Até que a aurora nos prepare, com grupo Três Calados.

Centro de Referência Audiovisual
(Avenida Álvares Cabral, 560, Centro)
Das 19h às 23h. Curtas-metragens, documentários e cinejornais do acervo, instalação – site specific com projeções de imagem de filmes clássicos do cinema na fachada do prédio, apresentação do espetáculo Outras pessoas, ser ou não ser, com Luciano Luppi, e exposição Tony Vieira: um cineasta mineiro.

Museu de Arte da Pampulha (Avenida Otacílio Negrão de Lima, 16.585, Pampulha)
Das 19h às 23h. Evento Uma noite no cassino, com caracterização de época da inauguração do espaço (1940), oficinas e simulações de jogos de roleta e pôquer, espetáculo Malabares de luz, com Trupe Gaia e show com a cantora Celinha Braga. Bar e restaurante estarão abertos.

Museu de Ciências Naturais PUC Minas (Avenida Dom José Gaspar, 290, Coração Eucarístico)
Das 14h às 22h. Planetário, oficina de museologia e museografia, show com Trio Versatille, seresta e contação de histórias com Paulo Lobão.

Museu Histórico Abílio Barreto (Avenida Prudente de Morais, 202, Cidade Jardim)
Das 18h às 22h30. Oficina cartas para BH, com Clarice de Araújo Sousa Fonseca, palestra “Ressonâncias noturnas,” com Clóvis Salgado Gontijo, performance Coleto sonhos, de Scheilla Ramos, sarau com José Miguel Wisnik,
show com Fita Amarela cantando Noel Rosa e exposição de artesanato.

Oi Futuro

(Avenida Afonso Pena, 4.001, Mangabeiras)
Das 11h às 21h. Exposição Gambiólogos 2.0, exibição de curtas, performance Rumores, de Frederico Augusto Vianna, e lançamento do disco de Kdu dos Anjos.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE E-MAIS