Musical mostra que o Odair José extrapola os clichês associados à cafonice

Espetáculo 'Eu vou tirar você deste lugar - As canções de Odair José' entra em cartaz no Sesc Palladium

por Ana Clara Brant 18/07/2014 10:23

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Alexandre Magno/Divulgação
Montagem reúne atores de Brasília e a cantora Maria Alcina (de plumas) (foto: Alexandre Magno/Divulgação)
O cantor e compositor goiano Odair José já foi tachado de brega, de rei das empregadas, Bob Dylan da Central do Brasil. Mas, de uns tempos para cá, passou a ser considerado cult. Sua obra foi revisitada por vários artistas da MPB, sobretudo seu lado mais roqueiro. E é essa faceta, mesclada à comédia popular que dá o tom ao espetáculo que chega a Belo Horizonte no fim de semana: 'Eu vou tirar você deste lugar – As canções de Odair José'.


 “É uma produção muito intensa. No imaginário das pessoas ainda tem essa coisa do brega, do cafona, mas a pegada do rock and roll é muito forte e é isso que está presente no nosso musical. Claro que não vão faltar as baladas, porém com arranjos contemporâneos. Odair tem uma matriz musical que não envelheceu”, destaca o jornalista e dramaturgo Sérgio Maggio, responsável pelo texto e pela direção.

A produção que estreou em Brasília em maio, e foi sucesso de crítica e público, traz num roteiro inédito e ficcional, 20 temas que marcaram a trajetória do autor de 'Cadê você' e 'Pare de tomar a pílula', construindo um mosaico que passeia por quase cinco décadas de uma carreira consagrada, com 10 milhões de discos vendidos. O musical reúne elenco do teatro brasiliense, como os atores Jones de Abreu e Camila Guerra, além da participação mais do que especial da cantora Maria Alcina, que, pela primeira vez, interpreta canções de Odair José.

Maggio, que tem uma relação pessoal com a artista desde 2003, conta que já escreveu o texto pensando nela, que vive uma cafetina. “Alcina é uma grande surpresa. Apesar de ser cantora, ela tem uma potencialidade e uma força cênica muito grande e tem recebido elogios de todos”, ressalta.

Apesar de ainda não ter assistido a nenhuma apresentação, Odair José tem acompanhado toda a repercussão de 'Eu vou tirar você deste lugar...' e, durante o processo de ensaios e produção, deu uma espécie de consultoria à distância. “Ele foi muito aberto desde o começo e ficou feliz em saber que sua obra ia servir para um teatro de qualidade. Isso é muito bacana. Apesar de não ter conseguido ver, por questões de agenda, tem tempo ainda porque devemos viajar por várias cidades. Em São Paulo, a gente vai ficar em cartaz de novembro a janeiro”, adianta Maggio.

'Eu vou tirar você deste lugar – As canções de Odair José' conta também com a direção de produção de Fernanda Signorini; direção musical do músico Alex Souza, também ator, compositor e integrante do grupo Caraivana, e direção de movimento de Márcia Duarte, coreógrafa do histórico grupo EnDança, de Brasília.

Mesmo não tendo estreado no eixo Rio-São Paulo, Sérgio Maggio diz que a repercussão da montagem tem sido extremamente positiva, e que ele pode mostrar que é possível fazer um musical de qualidade fora dessas duas metrópoles. “Para Brasília foi um grande feito; quebramos esse eixo de criação. E acredito que isso se deu pelo fato de termos mostrado a obra de Odair, um dos maiores nomes da música romântica do país, que tem seu lugar na história e uma raiz bem brasileira, e também por termos Maria Alcina no elenco, outro ícone. Tudo isso ajudou ainda mais a dar evidência ao musical”, afirma.

Eu vou tirar você deste lugar – As canções de Odair José
Sábado, às 20h; domingo, às 19h. Grande Teatro do Sesc Palladium, Rua Rio de Janeiro, 1.046, Centro. Ingressos: plateias 1 e 2: R$ 50 (inteira) e R$ 25 (meia); plateia 3: R$ 40 (inteira) e R$ 20 (meia). Trabalhadores do comércio de bens, serviços e turismo têm 15% de desconto no valor da inteira. Classificação 14 anos. Informações: (31) 3270-8100.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE E-MAIS