Texto de peça 'Beijo na Boca' de Ronaldo Boschi é considerado impróprio

por Carolina Braga 16/07/2014 09:21

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Sérgio Coelho/divulgação
Ronaldo Boschi recorreu à metalinguagem para falar de um triângulo amoroso feminino (foto: Sérgio Coelho/divulgação )
Não será desta vez que 'Beijo na boca', texto inédito de Ronaldo Boschi (1947-2013), ganhará a cena. Estrelada por alunos do curso livre de teatro do Centro de Pesquisas Teatrais (CPT) do Sesi/Fiemg, a montagem não poderá estrear hoje, como previsto. Na sexta-feira, o Juizado da Infância e da Juventude notificou a direção da instituição de que o conteúdo da peça é impróprio para menores. O elenco de 21 alunos tem 11 integrantes com menos de 16 anos.


'Beijo na boca' seria apresentado no encerramento da mostra em homenagem ao autor e às quatro décadas do Centro de Pesquisas Teatrais, comandado por ele. “Estou muito triste, porque é um texto premiado pela Academia Brasileira de Letras escrito por meu pai, que era doutor em literatura. Os alunos estavam empolgados e envolvidos”, lamenta Roberta Luchini, diretora da montagem. Segundo ela, os ensaios duraram quatro meses. Nesse período, nenhum ator ou familiar demonstrou desconforto com o texto.


Um triângulo amoroso entre mulheres está no centro da trama, que conta os bastidores da vida de atores prestes a estrear o espetáculo 'Ascensão e queda da família mineira', montagem de 1978 assinada por Boschi. Inspirada em fatos reais, a peça recorre à metalinguagem para abordar emoções e expectativas vividas por artistas.


Roberta Luchini afirma que a encenação proposta por ela não traz cenas que atentem ao pudor ou firam a intimidade de artistas e espectadores. Não há nudez ou violência, garante. Na proposta original, duas atrizes davam um “selinho”, mas isso foi cortado para tentar evitar o cancelamento. Rubia Quintão, responsável pela área de cursos do Sesi, alega que a decisão partiu do departamento jurídico da instituição.


Apesar do cancelamento de 'Beijo na boca', as homenagens a Boschi continuam. Hoje, às 19h, será aberta a exposição CPT 40 anos, com documentos e fotos que resgatam momentos importantes das quatro décadas de atuação do Centro de Pesquisas Teatrais.


Com curadoria de Esther Mourão, a mostra ficará em cartaz até dia 31, na galeria do Teatro Sesiminas. Serão apresentados também fragmentos do texto 'Cena 4'. Desde 29 de junho, cinco montagens de textos adultos e infantis de Ronaldo Boschi foram encenados por alunos do curso promovido pelo sistema Sesi/Fiemg.

 

CPT-40
Exposição. Abertura nesta quarta, às 19h. Teatro Sesiminas, Rua Padre Marinho, 60, Santa Efigênia,
(31) 3241-7175. Entrada: 1kg
de alimento não perecível.

 

 

Saiba mais

Ronaldo Boschi

 

Ator, diretor e professor universitário, o mineiro Ronaldo Boschi (1947-2013) participou de dezenas de espetáculos e lecionou nos cursos de artes cênicas e comunicação da PUC Minas e da Universidade Estadual de Minas Gerais (Uemg), em Belo Horizonte. Em 2012, ele se afastou das salas de aula para se dedicar mais aos palcos. Além de escrever peças e artigos, Boschi, quando faleceu, produzia um catálogo com cerca de 70 perfis de atores do estado. Diagnosticado com câncer de pulmão, o dramaturgo morreu em
29 de maio de 2013.



VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE E-MAIS