Espetáculo 'Simbá, o marujo' desembarca pela segunda vez em BH

Companhia de Uberlândia, a Trupe de Truões mistura linguagens cênicas em espetáculo

por Carolina Braga 11/07/2014 09:31

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Quando começaram as criações de 'Simbá, o marujo' os atores da Trupe de Truões, de Uberlândia, brincavam que as viagens do protagonista bem que poderiam servir de inspiração para o futuro da peça. Como Simbá é um marinheiro, eles queriam viajar tanto quanto ele, porém, por terras brasileiras. Deu certo. “A gente conseguiu. A peça é o nosso carro-chefe e traz essa vontade de conhecer cada vez mais lugares e de sobreviver fazendo teatro no interior de Minas”, diz a atriz Amanda Barbosa.

Desde que estreou, em 2008, 'Simbá, o marujo' já foi apresentado em pelo menos 37 cidades, de 19 estados. Este fim de semana, desembarca pela segunda vez em Belo Horizonte na programação do Projeto Ocupação 3.0 – De Lá pra Cá, na Funarte MG.

Trata-se de uma montagem infanto-juvenil que dá continuidade à pesquisa da companhia criada dentro do curso de teatro da Universidade Federal de Uberlândia. É a segunda peça de uma trilogia dedicada a levar para a cena contos de As mil e uma noites. Neste caso, a partir de contação de histórias a Trupe de Truões mistura linguagens cênicas como teatro de objetos e de sombras, por exemplo.

“Ressignificamos alguns objetos para contar essa história. Usamos principalmente cordas, bacias e um bastão”, detalha Amanda Barbosa. Segundo ela, a técnica da sombra é fruto de uma oficina feita com o Giramundo em Belo Horizonte. Simbá, o marujo também investe em acrobacia e solos para tornar o espetáculo ainda mais dinâmico.

O diretor Paulo Merisio assina também a cenografia, a reprodução de uma traquitana que permite a criança imaginar qualquer coisa. “É uma estrutura de ferro. À medida em que pulamos e fazemos acrobacias, vamos ressignificando os objetos”, explica a atriz. Na trilha sonora, a canção Debaixo d’Água, com Arnaldo Antunes, é a única conhecida. Todo o resto da sonoplastia é feita pelos próprios atores.

SAIBA MAIS
O GRUPO


A Trupe de Truões foi formada em Uberlândia há 12 anos. Nasceu do encontro entre o professor Paulo Merisio e um grupo de egressos da faculdade. “Utilizamos a cena para experimentar tudo o que questionamos, seja nas montagens para adultos ou infantojuvenis”, comenta a atriz Amanda Barbosa. Até hoje, foram feitas sete montagens adultas e cinco infantis. Eles mantêm em repertório os quatro espetáculos mais recentes de ambos os gêneros.

SIMBÁ,OMARUJO
De sexta a domingo, às 16h. Funarte MG, Rua Januária 68, Floresta, (31) 3214-3258. R$5 (inteira) e R$2,50 (meia).

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE E-MAIS