Após três anos de dedicação, adolescente lança livro de estreia

Além da literatura, a garota, que morou com a família na China de 2004 a 2007, dedica-se também à dança e à música. Atualmente está estudando violino.

07/06/2014 10:46

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Aos 16 anos, Rafaela Polanczyk estreia com romance de fantasia
A saga de Raul, um garoto de 16 anos criado por uma família nigeriana, que depois de passar por um portal em uma árvore mágica se descobre num lugar chamado Jolebon (um mundo paralelo à Terra), é porta de entrada para o primeiro romance de Rafaela Polanczyk, cuja idade é a mesma do seu protagonista.

Nascida em Belo Horizonte, a adolescente, que estuda no Colégio Santo Agostinho, conta que para escrever O rei perdido foram gastos três anos de trabalho, principalmente nas férias, feriados e durante os fins de semana. Nem por isso deixou de sair de casa para se encontrar com os amigos. Mas valeu a pena a dedicação, e a experiência foi tão boa já que ela está escrevendo o segundo volume do que pretende ser uma trilogia.

Além da literatura, a garota, que morou com a família na China de 2004 a 2007, dedica-se também à dança e à música. Atualmente está estudando violino. “O rei perdido é uma mescla de fantasia, aventura, ação e coisas que fazem referência à mitologia grega, tudo misturado com imagens e situações tiradas da minha imaginação”, diz Rafaela. Entre os autores preferidos da jovem romancista estão J. K. Rowlling, Philip Pullman, C. S. Lewis e Suzanne Collins.

O rei perdido
Lançamento do livro de Rafaela. Polanczyk, neste sábado, das 17h às 21h, na Livraria Leitura do Pátio Savassi, Avenida do Contorno, 6.061. Informações: (31) 3264-4404.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE E-MAIS