'Meninas do Brasil' une pinturas a depoimentos reais de mulheres em exposição

Retratos assinados por Geraldo Lacerdine são acompanhados por áudios confessionais das personagens

por Fernanda Machado 08/05/2014 16:00

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.

Geraldo Lacerdine/Divulgação
'Tereza': "Eu moro sozinha, fico sozinha, como sozinha, durmo sozinha. Das poucas alegrias que tenho é quando os 'menino' liga e diz que vai chegar no final de semana. Aí eu espero, espero e ninguém vem" (foto: Geraldo Lacerdine/Divulgação)
"Não gosto de falar de mim, me acho feia, de cabelo duro. Eu queria ter o cabelo liso, tenho certeza que as pessoas gostariam mais de mim". O depoimento cru é de Alice, uma das personagens retratadas nas pinturas de Geraldo Lacerdine.

 

Na exposição 'Meninas do Brasil', cada obra é acompanhada por um relato pessoal de quem inspirou os traços do artista. As 18 telas, acompanhadas pelos respectivos testemunhos em áudio, podem ser conferidas em Belo Horizonte no Espaço Cultura e Fé da PUC Minas, a partir desta sexta-feira, 9.

As histórias, garante o artista, são todas reais. As cores vibrantes de Lacerdine passaram por experiências do universo feminino, desde a gravidez indesejada que revela um drama familiar — "tenho 13 anos e já estou embuchada (...) meu pai quem teve a culpa — até os desamores da maturidade — "tenho 50 anos e nunca tive homem nenhum, só tenho a esperança de que um dia ele virá dizer que me ama".

 

Padre jesuíta formado em comunicação, teologia e filosofia, Lacerdine explica que pretende promover no público a sensação de deparar-se pessoalmente com os sentimentos e experiências que ouviu e pintou. "Mais do que simples telas, a exposição tem uma dimensão sociológica e traz histórias reais de mulheres de diferentes idades", ressalta o artista.

 

Geraldo celebra as reações de quem vislumbra suas personagens através das falas confessionais: "talvez por esse motivo tenha resultado em um envolvimento tão grande do público presente nas mostras".

 

'Meninas do Brasil' já teve passagem anterior por Belo Horizonte, no Passo das Artes do Colégio Loyola, e por espaços em São Paulo e Rio de Janeiro. Com entrada franca, a exposição segue até 31 de maio no Campus da PUC Minas (Av. Dom José Gaspar, 500 - Coração Eucarístico), das 9h às 22h.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE E-MAIS