Espetáculo de dança propõe debate sobre o destino da humanidade

Parte das comemorações do ano da Alemanha no Brasil, montagem se apresenta nesta sexta no Sesc Palladium

por 25/04/2014 08:35

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Sabine Wendel/Divulgação
A Cia. Toula Limnaios apresenta a nova coreografia hoje, no Grande Teatro do Sesc Palladium (foto: Sabine Wendel/Divulgação)
Como a realidade do nosso tempo afeta o comportamento em sociedade? É este o questionamento que o espetáculo de dança anderland [outraterra] apresenta ao público. Parte das atrações do ano da Alemanha no Brasil, a montagem é da Cia. Toula Limnaios, considerada uma das mais importantes do cenário contemporâneo do país de origem. Aliás, o que há de contemporâneo na montagem, segundo a coreógrafa, é o tema e também a ideia.


“É sobre a flutuação e a velocidade de informações: jornais, notícias na televisão, internet, celulares que dá a sensação de estar em todos os lugares, mas ao mesmo tempo perdendo algo. Estamos em isolamento, não olhamos para os outros. Estamos deixando as coisas no tempo, no espaço. É a insustentável/intolerável leveza de ser”, comenta a criadora.

Fundada em 1996 pela bailarina e coreógrafa em parceria com o músico Ralf R. Ollertz, uma das características da companhia é trabalhar com um grupo fixo de dançarinos. Para Toula, o ponto forte deles é a intimidade que cresce a cada dia. Algo explícito nas criações Em anderland [outraterra], por exemplo, uma fina cortina transparente esconde o palco. À medida em que os sete bailarinos aparecem por trás da enorme sombra, se contorcem encostados e produzem uma imagem agonizante. Ao longo da apresentação, os movimentos da coreografia refletem intimidade, mas também estranhamento.

“Meu desejo quando eu crio é ser honesta e aproximar ao máximo do que é a vida, mas não de uma forma ilustrativa. Quero transmitir as impressões e sentimentos diferentes, de uma forma poética, com associações livres para que o público possa ver suas próprias histórias”, diz. À Toula Limnaios interessa refletir não apenas sobre o homem, mas também a humanidade. “Todo mundo na minha opinião, deve pensar em seu lugar na sociedade, Todos os nossos atos afetam as pessoas e os espaços também quando não estamos completamente consciente sobre isso”, reflete. Essa é a quinta vez que a Cia. Toula Limnaios faz turnê pelo Brasil.

Anderland [outraterra]
Hoje, às 21h. no Grande Teatro do Sesc Palladium (Rua Rio de Janeiro, 1046, Centro). Entrada: 1kg de alimento não perecível ou R$ 10. Retirada de ingresso no dia do espetáculo. Informações: (31) 3270-8100.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE E-MAIS