Festival Internacional de Teatro anuncia programação com 55 espetáculos

Edição de 2014 marca também a volta dos teatros Francisco Nunes e Marília

por Carolina Braga 16/04/2014 08:35

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.

Leandro Couri/Em/D.A Press
Fechado há sete anos e com anúncios reiterados de abertura, o teatro Francisco Nunes recebe estreia do FIT com a peça 'Prazer' (foto: Leandro Couri/Em/D.A Press )
Agora é pra valer. O Teatro Francisco Nunes finalmente será inaugurado durante o Festival Internacional de Teatro Palco & Rua de Belo Horizonte, dia 6 de maio, com a apresentação de 'Prazer', da Cia. Luna Lunera. Já o Teatro Marília receberá a montagem carioca 'O homem travesseiro', totalmente de cara nova. Presidente da Fundação Municipal de Cultura, Leônidas Oliveira garante que os espaços voltarão à ativa assim que o evento terminar, no dia 25 de maio. Em breve, serão anunciados os editais de ocupação para o segundo semestre.

O Estado de Minas teve acesso à fase final das obras no teatro do Parque Municipal. As 526 cadeiras já estão instaladas, o palco recebe os últimos retoques para o polimento da madeira. Está tudo no lugar. Fechada há sete anos por problemas de cupim no teto, a sala de espetáculos foi totalmente reformada tal como previa o projeto deixado pelo arquiteto e cenógrafo Raúl Belém Machado, falecido em 2013. O palco se ampliou. Os camarins foram refeitos no subsolo. O público agora entra pelo meio do teatro, não pelas laterais, como era feito antigamente.

O 12º FIT-BH também será bastante diferente de tudo o que foi feito nos últimos 20 anos. Para começar, não haverá mais a tradicional abertura na rua. A noite inaugural nem mesmo será com montagem inédita por aqui, já que 'Prazer' acaba de realizar temporada de dois meses no Centro Cultural Banco do Brasil. A lógica é dedicar os primeiros cinco dias à programação local, com vistas à presença de 30 curadores nacionais e internacionais na cidade. Também não estará em funcionamento o tradicional Ponto de Encontro, o bar do festival, que recebia o público depois dos espetáculos com festas e programação musical.

Mesmo com a falta de ineditismo na largada, há alguns nomes de peso entre as 18 atrações internacionais e as 10 nacionais anunciadas. Ao todo serão 55 espetáculos em palcos e ruas. O encerramento será no dia 25, com a apresentação de 'Os gigantes da montanha', do Grupo Galpão. “A programação se pautou em fazer um FIT voltado para o cidadão. Que fosse abrangente e privilegiasse a diversidade”, explica Cássio Pinheiro, coordenador geral desta edição.

INTERNACIONAIS
Além de 'Hamlet', com o Berliner Ensemble, grupo alemão criado por Bertolt Brecht, a cultuada – e famosa pelo que causou por aqui em 1994 – companhia francesa Générick Vapeur apresentará a montagem de rua 'Jamais 203'. A principal inovação é a faixa dedicada às crianças, o Fitinho. Serão cinco espetáculos, entre eles o musical 'Concerto para bebês', indicado para pequenos menores de 4 anos.

Curiosamente, são poucos grupos “famosos” entre os 10 representantes da cena nacional. Haverá 'Adormecidos', com os paulistanos da Cia de Teatro Os Satyros, de quem sempre pode-se esperar polêmica, e também 'Cine monstro', comentado monólogo de Enrique Diaz. Fora essa dupla estão trabalhos a serem descobertos por aqui, vindos de Florianópolis, Miracema (RJ), São José do Rio Preto (SP), Londrina (PR) e Recife.

O FIT 2014 está orçado em R$ 7 milhões, sendo R$ 5,7 milhões de investimento direto da Prefeitura de Belo Horizonte e o restante via lei de incentivo. Mesmo com a proximidade do início da atual edição do FIT, as dívidas da edição 2012 ainda não foram quitadas. A prefeitura deve cerca de R$ 1,3 milhão a fornecedores de Belo Horizonte pelo estouro nas contas.

De acordo com Leônidas Oliveira, toda a documentação referente ao débito encontra-se em auditoria. Ele ressalta que foi surpreendido com a pendência deixada pela gestão anterior cinco meses depois de ter assumido o cargo. Por isso, toda a documentação precisou ser verificada novamente. “Está em auditoria. Então no dia em que me disserem ‘pague’, vamos pagar por processo indenizatório. Quem cobra responsabilidade dos antigos gestores é a controladoria”, conclui.


INGRESSOS

Os ingressos para o FIT-BH 2014 começam a ser vendidos dia 28, no posto da Belotur no Mercado das Flores, na Avenida Afonso Pena, 1.055, Centro. “É um local central, as pessoas já estão habituadas e serão três postos de atendimento”, diz Cássio Pinheiro. Segundo o coordenador do festival, também será possível comprar os bilhetes pela internet. O site, porém, não foi divulgado pela Fundação Municipal de Cultura. O valor é fixado em R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia).



IMPERDÍVEIS

Emilia
(TIMBRe4/Buenos Aires, Argentina)


Hamlet
(Berliner Ensemble/Berlim, Alemanha)


Matéria prima
(La Tristura/Madri, Espanha)


Jamais 203
(Generick Vapeur/Marselha, França)


Concertos para bebês
(Musicalmente/Leiria, Portugal)


Adormecidos
(Cia de Teatro Os Satyros/São Paulo)


Cine monstro
(Enrique Diaz)

 

PROGRAMAÇÃO COMPLETA:


Internacionais
Palco

1325 (Peripécia Teatro/Vila Real - Portugal); Augenblick Dream (Eolie Songe/Lille - França); Emilia (TIMBRe4/Buenos Aires, Argentina); The so-called outside means nothing to me (Maxim Gorki Theater Berlin /Berlim - Alemanha); Fíchenla si pueden (Carlos Celdrán);  Frag#3 Aproximacion a la idea de desconfianza (Evelyn B. / PitouStrash Company/Estrasburgo-França); Finucane & Smith’s Glory Box  (Finucane & Smith/ Melbourne - Austrália); Hamlet (Berliner Ensemble/Berlim - Alemanha); I call my brothers (Ballhaus Naunynstrae Berlin / Landestheater Niederösterreich St. Pölten/Berlim - Alemanha); Matéria Prima (La Tristura/Madrid -Espanha); Orsini Marionetes (Orsini/ Rosario - Argentina); Rapsodia para el mulo (El Ciervo Encantado/Habana - Cuba)

Rua

Jamais 203 (Generick Vapeur/Marselha - França); Kalabazi (Tita8lou /Suiça)
 
Co-produções

La Cena (Anita Mosca/Brasil e Itália) e Memórias em Tempos Líquidos (Dormentes/ Brasil-Uruguai)


FITINHO

Concertos para Bebês (Musicalmente/Leiria - Portugal); De Banda para a Lua (Armatrux/Nova Lima - Minas Gerais); Era uma vez... Grimm (Belazarte Realizações Artísticas/RJ); Menino Azul (Matraca/Belo Horizonte - MG); Salada Mista (Cia. 2 em Cena de Teatro, Circo e Dança/Recife-PE)

Nacionais
Palco

À distância: Lado A / Lado B (Dearaque Cia. de Teatro/Florianópolis - SC); Adormecidos (Cia de Teatro Os Satyros/São Paulo-SP); Cine Monstro (Enrique Diaz); Duas Mulheres em Preto e Branco (Remo Produções Artísticas/Recife - PE); O Homem Travesseiro (Cia Teatro Esplendor/Rio de Janeiro - RJ)

Rua

A Cobra vai fumar - Uma Estória da FEB (Teatro Popular União e Olho Vivo/São Paulo - SP); A Pereira da Tia Miséria (Núcleo Ás de Paus/Londrina - PR); As Raízes do Mineiro Pau e do Boi Pintadinho (Cia Folclórica Boi de Miracema/ Miracema - RJ); Café? (Cia. Efêmera/ São Paulo - SP); Sabiás do Sertão (Cia. Cênica/São José do Rio Preto-SP)

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE E-MAIS