Ilustrador brasileiro vence prêmio mais antigo da literatura infanto-juvenil mundial

Roger Mello foi honrado com o troféu Hans Christian Andersen por livro-imagem

por Agência Estado 25/03/2014 16:59

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.

Companhia das Letras/Divulgação
Roger Mello é primeiro artista brasileiro a vencer o prêmio na categoria ilustração (foto: Companhia das Letras/Divulgação )
Mais antiga e prestigiada honraria da literatura infanto-juvenil mundial, o prêmio Hans Christian Andersen foi anunciado na última segunda-feira, 24, para o brasiliense Roger Mello durante a Feira do Livro de Bologna. Primeiro brasileiro a vencer na categoria ilustração, ele é conhecido pelo trabalho como autor de livros-imagem, títulos sem texto cujas histórias são conduzidas apenas por ilustrações.

Sobre sua obra, que inclui Meninos do Mangue e João por um Fio, o júri afirmou que permite “explorar a história e a cultura do Brasil sem subestimar a habilidade da criança de reconhecer e decodificar fenômenos e imagens culturais”, permitindo que sejam “guiadas pela imaginação".

 

A japonesa Nahoko Uehashi foi a escritora premiada pelo prêmio bienal, que já consagrou Lygia Bojunga e Ana Maria Machado em 1982 e em 2000.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE E-MAIS