Agnes Farkasvolgyi apresenta performance em abertura de projeto do Ceia, na Funarte MG

Novo programa propõe uma reflexão sobre o consumo da arte. Instalações, performances e exibições de vídeos e fotografias poderão ser conferidas até 26 de fevereiro

por Ailton Magioli 27/01/2014 07:00

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Pedro Vilela/Agência 17/Divulgação
A artista plástica e chef Agnes Farkasvolgyi abre hoje o novo projeto do Ceia, na Funarte MG (foto: Pedro Vilela/Agência 17/Divulgação)
Atração de estreia do novo projeto do Centro de Experimentação e Informação de Arte (Ceia), que propõe uma reflexão sobre a forma de degustar a arte, a partir de hoje, na Funarte MG, a artista plástica e chef Agnes Farkasvolgyi diz ter descoberto na Escola de Belas Artes da UFMG, onde foi aperfeiçoar a pintura e o desenho, no início dos anos 2000, que a cozinha era a linguagem dela.

Conforme ela promete provar na performance inédita 'Hoje o almoço é...' , que irá apresentar hoje, às 19h, no local, com a colaboração de assistente. “A performance na verdade será apresentada no contexto de uma instalação”, avisa Agnes, cujo interesse no setor passa obrigatoriamente pelo ato de servir. “Servir ao outro”, explica ela, lembrando que a confecção da comida, a montagem da mesa e outros aspectos da gastronomia estão diretamente ligados ao afeto.

De hoje até 26 de fevereiro, 17 artistas estarão apresentando suas “receitas” no projeto, que, além de instalações e performances, também inclui a exibição de vídeos e de fotografias. Intitulada 'E o que temos para o almoço?' , a nova ação do Ceia propõe uma reflexão sobre a forma de consumir arte, além, claro, de reunir trabalhos realizados durante os 12 anos de existência do centro de arte. Hoje também haverá o lançamento da Revista Conversas, a nova publicação do Ceia.

Com curadoria de Marcos Hill e Marco Paulo Rolla, a mostra na Funarte MG vai explorar técnicas e linguagens variadas, tais como instalação, desenho, pintura e fotografia. Haverá, ainda, apresentação de diversas performances, além da exibição de vídeos e algumas ações com direito à indispensável visita guiada.

PRAZER DE SERVIR

Agnes Farkasvolgyi diz que vai cozinhar durante a apresentação da performance dela, mas que o objeto de seu interesse é o prazer de servir ao outro, por conta do afeto. “É aquela história que vem da nossa avó, da família”, justifica a artista, lembrando que o ato de comer está diretamente relacionado, ainda, à toalha sobre a qual a comida será servida, além do vasilhame e dos próprios objetos de decoração, tais como as flores. “Tudo está relacionado a um contexto”, acrescenta.

A artista diz ter tomado consciência de que o que ela faz é performance há cerca de quatro anos, quando assumiu a carreira de performer. Mas foi a partir de 2005, quando expôs telas comestíveis na Galeria de Arte Celma Albuquerque, que ela se iniciou propriamente no setor. “À medida que fui aprofundando os estudos na Escola de Belas Artes da UFMG, fui vendo a comida como linguagem. E isso não é simples”, pondera.

Na escola, durante a simulação de um banquete imaginário, proposto pelo professor Marcos Hill, Agnes Farkasvolgyi passou a pensar na cozinha como a principal linguagem do trabalho dela. “Antes, pensava apenas na pintura e aquarela como linguagens”, revela a artista, lembrando que apesar de a performance remontar aos anos 1950, 60 e 70, hoje ela é estudada em matérias específicas nas escolas de arte.

E O QUE TEMOS PARA O ALMOÇO?
De hoje a 26 de fevereiro, no Galpão 5 da Funarte MG, Rua Januária, 68, Floresta. Ações do novo projeto do Centro de Experimentação e Informação de Arte (Ceia), que propõe uma reflexão sobre o consumo da arte. De terça a sexta, de 13h às 21h. Abertura hoje, às 19h, com performance de Agnes Farkasvolgyi. Entrada franca. Informações: (31) 3213-3084.

ARTISTAS EM CENA
Alfredo Nobel, Estandelau, Inácio Mariani, Joacélio Batista, João Castilho, João Maciel, Liliane Dardot, Marc Davi, Marcel Diogo, Marcelino Peixoto, Marco Paulo Rolla, Mariana Rocha, Noemi Assumpção, Paulo Nazareth, Rosa Maria Unda Souki e Wagner Rossi Campos

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE E-MAIS