J. H. Faria autografa livro de contos 'Os crimes da Vila Torta' nesta quarta

Escritor recebe público a partir das 19h no Boi Lourdes Savassi

por Fernanda Machado 11/12/2013 06:00

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Felipe Gutfraind/divulgação
J.H Faria autografa 'Os crimes da Vila Torta' em BH (foto: Felipe Gutfraind/divulgação)
“A palavra é a minha quarta dimensão”, escreve Clarice Lispector na epígrafe que J. H. Faria escolheu para seu livro de contos 'Os crimes da Vila Torta' (edição independente), que será autografado nesta quarta-feira, às 19h, no Boi Lourdes Savassi (Avenida Getúlio Vargas, 1.238, Savassi).

O escritor Ronaldo Werneck diz que seu conterrâneo de Cataguases é artesão atento ao ofício de lapidar frases. O primeiro conto se chama “Não mais que palavras” – e isso não ocorre à toa: o autor se entrega ao prazer de enveredar por elas.

O segundo conto, dedicado a Frida Kahlo, ousa mergullhar no diário deixado pela pintora mexicana. “Aqui mesmo, neste espaço-quarto-infinito, cometo abusos com o olhar”, anota Faria em sua “transcriação”, solidário à musa e personagem principal. Frida, “gladiadora improvisada”, joga-se sem temor na arena da vida com seus pincéis e tintas.

Em “A chave”, o autor aborda o jogo amoroso. Em “Doce veneno”, personagens se alternam entre o cômico e o trágico – sina dos casais. Em “O verme”, deparamos com o narrador “ pronto para aliviar a noite”. No conto que dá título ao livro, J. H. Faria conduz o leitor por uma trama de crimes, punhais e cristaleiras antigas.

Professor universitário e consultor na área de comunicação, João Henrique Moreira de Faria deu aulas na antiga Fafi BH, na Fumec e na Uemg. Atualmente, mora em Cataguases, onde escreveu a maioria dos contos de 'Os crimes da Vila Torta'.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE E-MAIS