Grupo Quatroloscinco apresenta monólogo 'Get out!' e lança texto da peça em livro

Ator Assis Benevenuto defende a edição de trabalhos de dramaturgia contemporânea

por Carolina Braga 08/11/2013 00:13

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
André Fossati/EM/D.A Press
(foto: André Fossati/EM/D.A Press)
Recém-chegado de apresentação no Uruguai, o ator Assis Benevenuto, do grupo Quatroloscinco, desembarca em BH com o solo 'Get out!'  no palco do Teatro Alterosa. A pequena temporada, de hoje a domingo, no entanto, tem propósito que vai além de simplesmente estar em cartaz mais uma vez na cidade. Hoje, por exemplo, logo depois da sessão, será lançado o livro com o texto do espetáculo. Embora publicação de dramaturgia contemporânea seja raridade, este já é o segundo que a companhia mineira lança em dois anos.


“Foi muito interessante perceber que existem muitas pessoas que se interessam em ter o texto da obra. Já não temos nenhum livro das montagens anteriores”, conta Assis. 'Get out!' estreou em julho de 2013. Com dramaturgia assinada por Benevenuto, o espetáculo dá continuidade à pesquisa do grupo a partir da história de um homem que tem medo de avião. O texto, no fundo, critica comportamentos e pensamentos condicionados na sociedade.

“Desde a leitura dramática de 'Get out!', no projeto Janela de Dramaturgia, ouvi muito das pessoas que o texto era interessante. E desde essa época, antes de virar teatro, já tinha essa vontade”, diz. A publicação é fruto da parceria com os designers Filipe Costa e Mateus Sá, da Lampejo, com investimentos do próprio autor e seus companheiros de grupo. A ideia é disponibilizar o livro depois das apresentações.

Para Assis, a escassez de dramarturgia contemporânea publicada tem a ver com questões culturais brasileiras. “Não há interesse de editoras em publicá-las porque não há consumo, no sentido financeiro. Mas não há consumo porque não há o livro, porque ele não foi cultuado em casa, na escola. Sabemos o quão superficial são as políticas de educação e cultura no país”, critica.

Ao comparar a quantidade de textos teatrais disponíveis nas livrarias de Buenos Aires, Assis chama a atenção para o fato de o livro no Brasil carregar ares de importância. “O investimento e o consumo em outros lugares são muito distintos do nosso. Por isso quis publicar 'Get out!'. Essa ação é também um movimento micropolítico”, ressalta.

Embora o e-book apareça como uma alternativa mais barata, Assis é defensor do papel. “Livro é livro, e-book é e-book, cartaz é cartaz, Twitter é Twitter. Gosto de livro. Mas não sou contra o e-book, só acho que não substitui o livro como suporte afetivo. É mais uma forma, e que venham outras”, diz.

Na semana que vem, o Quatroloscinco levará a primeira montagem da companhia, 'É só uma formalidade', para a Mostra Sesc Cariri de Cultura, no Crato, Ceará. Entre os dias 29 deste mês e 1º de dezembro, O outro lado estará em cartaz em São Paulo, na programação da primeira edição da Bienal Internacional de Teatro da USP.


DOIS IDIOMAS

Get out! foi apresentada quarta-feira na Sala Zavala Muniz, do Teatro Solis, de Montevidéu. Foi a primeira vez que fez o monólogo foi encenado em duas línguas, parte em português, parte em castelhano. “Ver o texto que escrevi em outra língua, buscar expressões específicas junto com a tradutora, manter eficácia linguística e cultural e decorar o texto em outra língua, todo esse trabalho é muito rico para o ator”, avalia Assis Benevenuto.

GET OUT!
Hoje e amanhã, às 21h; domingo, às 19h. Teatro Alterosa, Av. Assis Chateaubriand, 499. Floresta. Ingressos: R$ 24 (inteira), R$ 12 (meia) e R$ 10 (preço promocional para estudantes das escolas de teatro da cidade).

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE E-MAIS