'Pampulha: um patrimônio da humanidade' reúne fotos da construção arquitetônica local

Exposição começa nesta quinta-feira, na Casa do Baile. Imagens mostram história de trabalhos que tiveram a colaboração de Oscar Niemeyer, Burle Marx e Candido Portinari

por Estado de Minas 31/10/2013 08:16

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
MHAB/divulgação
Foto das obras da Igreja de São Francisco de Assis (foto: MHAB/divulgação)

A partir desta quinta-feira, a Casa do Baile recebe a exposição 'Pampulha: um patrimônio da humanidade', com imagens representativas das sete décadas do pioneiro conjunto arquitetônico modernista. Fotos registram momentos históricos, como a construção da Igreja de São Francisco e a inauguração do Iate Clube, por exemplo.

Criação de Oscar Niemeyer – que contou com a colaboração do paisagista Burle Marx e dos artistas plásticos Candido Portinari e Alfredo Ceschiatti –, a Pampulha abriga importantes equipamentos culturais do estado, como o Museu de Arte, a Casa do Baile e a Casa Kubitschek.

Recentemente, mineiros se mobilizaram para inscrever o complexo modernista na lista de candidatos a Patrimônio da Humanidade da Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (Unesco).

PAMPULHA: UM PATRIMÔNIO DA HUMANIDADE
Fotografia e documentos. Abertura quinta-feira, às 20h30. Casa do Baile, Av. Otacílio Negrão de Lima, 751, Pampulha, (31) 3277-7443. Terça a domingo, das 9h às 18h. Até 30 de abril.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE E-MAIS