Laurentino Gomes participa de bate papo sobre triologia da História brasileira

Após os sucessos '1808' e '1822', o jornalista aborda acontecimentos que levaram à queda da monarquia, no mais recente, '1889'

por Estado de Minas 01/10/2013 08:52

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
ALEXANDRE BATTIBUGLI/DIVULGAÇÃO
O jornalista Laurentino Gomes é o convidado do Sempre um papo (foto: ALEXANDRE BATTIBUGLI/DIVULGAÇÃO )
Como um imperador cansado, um marechal vaidoso e um professor injustiçado contribuíram para o fim da monarquia e a proclamação da República no Brasil? Essas são algumas das questões levantadas por '1889' (Editora Globo), novo livro de Laurentino Gomes, que participa nesta terça-feira do projeto Sempre um papo. Às 19h30, na Sala Juvenal Dias (Avenida Afonso Pena, 1.537, Centro), o jornalista conversa com o público.




















O livro completa a trilogia iniciada com '1808', sobre a fuga da corte portuguesa para o Rio de Janeiro, seguido por '1822', sobre a Independência do Brasil. Com 24 capítulos e ricamente ilustrado, '1889' contribui para a compreensão de um dos períodos mais controversos da história do país. Com seu texto cativante, Laurantino explica não só os acontecimentos que levaram à queda da monarquia, mas episódios importantes para o movimento republicano, como a Guerra do Paraguai e a abolição da escravatura.

Laurentino ganhou quatro vezes o Prêmio Jabuti – dois na categoria reportagem e dois como livro do ano de não ficção. Membro titular do Instituto Histórico e Geográfico de São Paulo e da Academia Paranaense de Letras, o jornalista planeja escrever a biografia de Tiradentes, herói da Inconfidência Mineira.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE E-MAIS