Fotógrafos do EM integram livro que destaca o melhor do fotojornalismo em 2012

Registros de Leandro Couri, Rodrigo Clemente e Alexandre Guzanshe são parte dos 150 trabalhos de 'O melhor do fotojornalismo brasileiro', que ganha sua quinta edição

por Ana Clara Brant 30/09/2013 07:30

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.

Divulgação / Editora Europa
Livro reúne mais de 150 imagens publicadas por fotojornalistas brasileiros em 2012 (foto: Divulgação / Editora Europa)

As fotos que marcaram o ano de 2012, publicadas pelos principais jornais e revistas do Brasil, estão na quinta edição do livro 'O melhor do fotojornalismo brasileiro' (Editora Europa, 196 páginas, R$ 89,90). A obra é a única do país dedicada exclusivamente ao fotojornalismo. Entre as mais de 150 imagens, várias delas premiadas aqui e no exterior, estão três trabalhos de profissionais do Estado de Minas. Alexandre Guzanshe, Leandro Couri e Rodrigo Clemente.

Guzanshe registrou a comemoração dos jogadores Jô e Ronaldinho Gaúcho na partida entre Atlético e Figueirense, pelo Campeonato Brasileiro do ano passado; Leandro Couri flagrou uma cena que ilustra o “calor africano” que fazia na capital mineira; e Rodrigo Clemente captou a dor dos pais do engenheiro mineiro Mário Bittencourt, encontrado morto no Peru.

Valorização

“Todo ano tem esse livro, então a gente sempre fica na expectativa de ser selecionado”, diz Alexandre Guzanshe. “Para a edição 2013, enviei cinco fotos, e confesso que esperava que escolhessem outra imagem, de uma série que fiz sobre Luiz Gonzaga. Mas é sempre importante fazer parte de uma publicação como essa, e é a segunda fez que estou entre os selecionados.”

Outro que foi selecionado novamente para a publicação é Rodrigo Clemente, que já teve duas fotos na primeira edição, de 2009. O repórter fotográfico elogia a iniciativa e afirma que o livro é uma referência do que se produz de melhor hoje no fotojornalismo brasileiro. “O que acontece de bom está ali. Tanto que as fotos que acabam ganhando os prêmios mais importantes do jornalismo, como o Esso e o Embratel, fazem parte dessa publicação”, ressalta.

Já Leandro Couri, que é estreante no projeto, diz se sentir orgulhoso de fazer parte de uma das mais conceituadas e especializadas publicações de fotografia do país. “É uma referência para todos os profissionais. E o bacana é integrar a iniciativa ao lado de fotógrafos que sempre admirei”, diz, se referindo a nomes como Gilberto Tadday, Jonne Roriz, Luciano Candisani, Lula Marques, Márcia Foletto, Ricardo Nogueira, Sérgio Lima, Tadeu Vilani e Wilton Júnior.


Segundo Sérgio Branco, diretor de redação da revista 'Fotografe melhor', responsável pelo livro, se inscreveram ao todo 120 repórteres fotográficos de revistas, jornais e agências de notícias de todo o Brasil, sendo selecionados 81. Os profissionais registraram acontecimentos importantes como os Jogos Olímpicos de Londres, o julgamento do mensalão, a Conferência Rio+20 e as eleições municipais.

“Um aspecto que chamou a atenção é que não tivemos fotos relacionadas ao clima, como desabamentos, chuva, seca e afins, que foi uma marca forte dos anos anteriores. E imagens chocantes de crimes e de cobertura policial também não foram tão presentes este ano”, observa Branco. “Quando decidimos criar esse projeto, a gente sentia que faltava algo assim. Sou jornalista e sempre convivi com grandes fotógrafos e percebi que carecia de algo que valorizasse o trabalho deles”, finaliza.

 

As escolhidas


LEANDRO COURI/EM/D.A PRESS-1/11/12
(foto: LEANDRO COURI/EM/D.A PRESS-1/11/12)

"Enviei cinco fotos para a seleção julgadora, mas tinha certeza de que se alguma fosse escolhida seria essa, por causa de sua simplicidade, sua plasticidade. E o mais curioso é que eu fui fazer uma outra pauta, quando vi esses meninos tentando se refrescar na fonte da Praça da Estação por causa daquele calor infernal. Uma imagem cotidiana, banal e que acabou sendo uma das minhas fotos mais publicadas, elogiadas e que até integrou mostras de fotografias"

Leandro Couri



RODRIGO CLEMENTE / EM / D.A. PRESS - 2/5/2012
(foto: RODRIGO CLEMENTE / EM / D.A. PRESS - 2/5/2012)

"Milton Bittencourt, de 90 anos, e Zélia Bittencourt, de 85, são pais do engenheiro mineiro Mário Bittencourt, morto com o geólogo paulista Mário Guedes em 27 de julho de 2011, no Peru. Eu tinha que captar aquele momento, o desabafo dos pais que perderam o filho e cobravam explicações. Quando cheguei na casa vi a foto do Mário num quadro, a janela com uma luz muito bonita, quis registrar aquele contexto. O resultado foi muito interessante"
- Rodrigo Clemente

ALEXANDRE GUZANSHE/EM/D.A PRESS-6/10/12
(foto: ALEXANDRE GUZANSHE/EM/D.A PRESS-6/10/12)

"Nem era um jogo tão importante (o Atlético ganhou de 6 a 0 do Figueirense) e aquela comemoração é bem típica do Jô e do Ronaldinho Gaúcho. Mas ela é difícil de registrar, porque nem sempre você tem a sorte de estar perto, ou estar prestando atenção. Mas naquele dia, tudo contribuiu. Eu estava preparado e o movimento ficou bem congelado. Consegui pegar a expressão deles, o movimento dos braços e ficou uma foto bem legal. Tanto que foi a capa do jornal daquele dia" - Alexandre Guzanshe

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE E-MAIS