Arquivo que revela senteça de morte de anarquistas norte-americanos ganha exposição em BH

Sacco e Vanzetti comoveram o mundo após condenações na década de 1920. A mostra vai até início de dezembro, no Memorial da Vale

por Estado de Minas 18/09/2013 08:25

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.

Arquivo pessoal
(foto: Arquivo pessoal)
Até 1º de dezembro, o Memorial Minas Gerais Vale exibirá as mostras 'América, Sacco e Vanzetti não podem morrer', de Ricardo Burgarelli, e 'Guerra dos perdidos', parceria do artista com Luísa Horta. Memória e história convivem em permanente tensão nesses trabalhos.


Em 'América...', Burgarelli apresenta intervenções formais em reproduções de jornais que noticiaram a condenação à morte dos anarquistas Sacco e Vanzetti nos Estados Unidos, no fim da década de 1920. O drama do sapateiro e do peixeiro, atuantes em movimentos de esquerda, comoveu o mundo. Com suas intervenções geométricas, o artista retoma o tema no contexto geopolítico mundial contemporâneo.


Em 'Guerra dos perdidos', Burgarelli e Luísa Horta exploram imagens, textos e fragmentos de objetos que remetem a uma suposta guerra em espaços marcados pelo embate entre real e imaginário.


Com entrada franca, o memorial fica na Praça da Liberdade (esquina com Rua Gonçalves Dias). O espaço funciona às terças, quartas, sextas-feiras e sábados, das 10h às 17h30; quintas-feiras, das 10h às 21h30; e aos domingos, das 10h às 15h30.



VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE E-MAIS