Ouro Preto ganha primeira galeria de arte contemporânea

Espaço Inverso abriga videoarte, instalações, fotografias, pinturas, esculturas e desenhos

por Estado de Minas 15/09/2013 10:24

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Giovanna Lanna/divulgação
Obra da artista pástica Giovanna Lanna é uma das peças no acervo da Galeria Inverso (foto: Giovanna Lanna/divulgação)
Joia do barroco, Ouro Preto acaba de ganhar seu primeiro espaço dedicado à arte contemporânea. A galeria Inverso abre as portas tanto para videoarte e instalações quanto para fotografia, desenho, pintura e escultura.

O acervo reúne obras da artista visual Giovanna Lanna, que está à frente da empreitada, além de trabalhos de Jorge Fonseca, Paulo Bevilacqua, Rachel Falcão, Jorge Luiz Gomes e Camila Carazzato. Alguns deles se formaram no Brasil e complementaram os estudos no exterior.

Giovanna, por exemplo, fez mestrado em fotografia fine arts na New York Film Academy, nos EUA. Camila Carazzato também estudou na instituição americana. Por sua vez, Jorge Fonseca foi premiado pela Fundação Pollock-Krasner, em Nova York, e tem obras no Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro e no Museu de Arte Contemporânea de Niterói.

INVERSO GALERIA DE ARTE CONTEMPORÂNEA
Rua Getúlio Vargas, 248, Rosário, Ouro Preto, (31) 9591-0697. De quarta-feira a domingo, das 9h às 19h.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE E-MAIS