Cia. Hiato apresenta mostra de cinco monólogos na Funarte

O grupo paulista se apresenta até o dia 22 de setembro, em Belo Horizonte

por Carolina Braga 06/09/2013 10:02

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Lígia Jardim/Divulgação
(foto: Lígia Jardim/Divulgação)
Até que ponto é possível levar uma verdade para a cena? Haverá limite entre a realidade e a ficção, mesmo no teatro? Questões como essas nortearam 'Ficção', projeto que a Cia. Hiato, de São Paulo, apresenta em Belo Horizonte até o dia 22, no Galpão 3 da Funarte. Composto por cinco monólogos, o espetáculo é resultado da provocação feita aos atores Aline Filócomo, Fernanda Stefanski, Maria Amélia Farah, Thiago Amaral e Luciana Paes (que não poderá vir a BH).

Cada um criou um solo a partir de fato real da própria vida. Daí surgiram histórias envolvendo questionamentos sobre o ofício do ator, supostos crimes familiares, relação entre pais e filhos, assim como entre irmãs. “Há uma tentativa de colocar o espectador em um lugar instável. Ele é sempre lembrado de que está compartilhando uma experiência com o ator”, comenta o diretor Leonardo Moreira. Mineiro de Areado, será a primeira vez que mostrará um trabalho no estado natal.

Para a atriz Fernanda Stefanski, uma característica do projeto é a permanente transformação do que eles levam para a cena. “Todo dia, quando a gente termina a peça, penso tem que mudar algo. Cada público reage de uma forma”, conta a atriz. Os monólogos têm, em média, uma hora de duração. Por isso serão apresentados dois a cada noite. Fernanda e Aline Filócomo abrem a temporada, que tem sequência com Maria Amélia Farah (dias 13 a 15) e Thiago Amaral (dias 20 a 22).

“Este foi o trabalho teatral que mais me jogou em questionamentos, tanto pessoais quanto profissionais”, reconhece Fernanda. O monólogo dela, de certo modo, é uma investigação policial. A atriz mistura referências de Shakespeare a Hitchcock para narrar uma tragédia de sua família. Já Aline Filócomo leva para o palco a relação conflituosa que tem com a irmã.

Ao mesmo tempo em que são independentes, os solos de 'Ficção' ressoam uns nos outros. Ao público fica aberto um convite ao jogo. Mais que identificar o que é verdade na vida do ator ou não, também caberá a cada espectador decidir o quanto se entregará a cada uma das histórias. “Também dá espaço para o espectador se projetar. A percepção é muito abstrata”, garante Leonardo Moreira. 'Ficção' é um espetáculo de teatro, mas, em certa instância, funciona também como um teste de empatia.

MOSTRA CIA. HIATO
Ficção # Fernanda Stefanski [bernardes] e Ficção # Aline [moreira] Filócomo, sexta-feira, às 19h30, sábado e domingo, às 19h.. Ficção # Maria Amélia [bethovem] Farah, dias 13 e 14, às 20h, e dia 15, às 19h.. Ficção # Thiago [campos] Amaral, dias 20 e 21, às 20h, e dia 22 às 19h.Funarte MG, Rua Januária, 68, Floresta, (31)3213-3084. Ingressos: R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia)

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE E-MAIS