Jornalista Mariana Lage pretende levar o leitor a uma reflexão sobre o universo feminino

'No dorso do leão' tem lançamento nesta terça-feira, no Centro de Belo Horizonte

por Carolina Braga 03/09/2013 07:30

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.

Paula Huven/Divulgação
Mariana Lage diz que se sente nua ao se expor tanto em 'No dorso do leão' (foto: Paula Huven/Divulgação )
Das anotações esquecidas no fundo de uma gaveta até a impressão do romance 'No dorso do leão' (212 páginas, R$ 33) passaram-se quatro anos. Foi nesse tempo que a jornalista e escritora Mariana Lage se encontrou com um novo mundo. Aquele de personagens, conflitos, narrativas e muitas descobertas envolvidas nas experiências literárias de um autor.


“Será que eu consigo escrever de forma que não sejam apenas anotações pessoais, somente para mim?”, se perguntava ela diante do achado escrito a mão. Tanto conseguiu que o romance de estreia será lançado neste terça, a partir das 19h, no Café 104 (Praça Ruy Barbosa, 104). Publicado de maneira independente, Mariana compartilha em suas 220 páginas muito sobre o universo feminino e a potência emocional que o cerca.

Revelações Com forte apelo filosófico, 'No dorso do leão' tem estrutura diferente dos romances convencionais. A história das personagens Branca e Eduarda é apresentada tanto de maneira linear, em textos corridos, como também em fragmentos de cartas, notas, mensagens eletrônicas. Além de ferramentas de comunicação, são também pequenas epifanias do cotidiano das personagens. 


O desafio, segundo ela, foi garantir ritmo à leitura. “Precisa haver uma ordem também. Foi isso que eu mais precisei aprender. Como trabalhar a personagem por meio de fragmentos”, comenta. Ela confessa que “roubou” alguns escritos das próprias correspondências.

Branca busca sentido para coisas vividas, estejam eles aparentes ou não. Mariana Lage também se apresenta assim, uma pessoa em busca constante pelo entendimento das coisas. Embora 'No dorso do leão' seja uma obra de ficção, ela reconhece que muito do narrado vem das experiências da própria vida. “Outro dia, estava na fila do banco e comecei a reler o livro. Eu me senti um pouco nua. É uma exposição”, reconhece.

À medida que introduz o leitor nas relações vividas pelas personagens, Mariana lança mão de referências que vão de Clarice Lispector a Caio Fernando Abreu, Marguerite Duras e Santo Agostinho, entre outros. No fundo, embrulhado no papel de presente de um romance, 'No dorso do leão' provoca a reflexão de cada leitor sobre a própria vida.

Além de jornalista, Mariana Lage é professora e doutoranda em estética e filosofia da arte pela UFMG. Após o lançamento de 'No dorso do leão', ela parte para temporada de um ano nos Estados Unidos, na Universidade de Stanford, na Califórnia. A ideia é disponibilizar o romance em todas as plataformas de livros digitais, a partir da publicação no site Smashwords, ferramenta de auto-publicação voltado para escritores independentes do mundo todo.

No dorso do Leão
Lançamento do livro de Mariana Lage
Terça-feira, às 19h, no Café 104

Local: Praça Ruy Barbosa, 104, Centro

Informações: (31) 2551-4504

 

Trecho

“A coisa mais fácil de se ter é uma relação carnal. Todos têm! Poucos conseguem olhar nos olhos e encarar o tigre indomável que reside no outro. Olhar fundo, ver as feridas, as liberdades e as libertinagens – a vontade incontrolável de ser feio e amoral, de fazer errado e romper as arestas, chutar a porta e jogar abaixo tudo o que é socialmente aceito. É preciso despir-se dos olhares classificadores ou encaixotantes. Mas é preciso também despir o outro – com respeito – de seus discursos e referências.”

BOOKTRAILER

Como parte da divulgação do livro, estão disponíveis três vídeos com roteiros inspirados nas viagens interiores de uma das personagens de 'No dorso do leão'. Interpretado pela atriz Marina Abelha, os vídeos apresentam algumas reflexões propostas no livro, como “a mudança é a unica coisa que permanece”, “vivo presa nesse jogo de especulações de mim e do outro”, “sinto como se houvesse uma catarse acontecendo a partir de um engasgo”. Os booktrailers foram dirigidos por Guilherme Dutra.

Confira Parte 1- Engasgo:



Para assistir aos outros booktrailers, acesse ao perfil da escritora no Youtube.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE E-MAIS