Projeto Foto em pauta celebra Dia Mundial da Fotografia em Belo Horizonte

Evento conta com participação do fotógrafo e produtor cultural Fernando Costa Netto

por Sérgio Rodrigo Reis 19/08/2013 00:13

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.

Fernando Costa Netto/ Divulgação
Imagem da série 'Dear Sarajevo', registro feito por Costa Netto da guerra na Bósnia-Herzegovina (foto: Fernando Costa Netto/ Divulgação)

O Dia Mundial da Fotografia, celebrado nesta segunda-feira, ganha em Belo Horizonte uma homenagem especial do projeto Foto em pauta. Para conversar com o público sobre os rumos da fotografia, dos novos mercados, do cenário internacional e da valorização do fotojornalismo, foi convidado o produtor cultural e fotógrafo Fernando Costa Netto. O evento será às 19h30, no Multiespaço Oi Futuro Belo Horizonte.

Costa Netto apresenta na ocasião ensaios pessoais sobre a cidade de São Paulo e um recorte de sua produção com a mítica câmera Polaroid SX70, como a série realizada na Bósnia-Herzegovina, que viveu uma guerra sangrenta entre 1991 e 1995. Vai falar também sobre seu trabalho à frente da DOC Galeria, em São Paulo, e a Mostra São Paulo de fotografia. Atualmente, Costa Netto anda animado com a recente valorização do fotojornalismo. “Vivemos uma boa fase depois que ocorreram as manifestações em todo o país e as pessoas começaram a fotografar”, afirma.

“Talvez seja o maior exercício de fotojornalismo na rua depois do período de ditadura”, continua Costa Netto. “Dia 2 de outubro, vou organizar um evento em São Paulo para discutir e comparar esses dois momentos: a ditadura analógica com a democracia digital”, explica. Para ele, o exercício na rua aparece como a maior novidade dos últimos tempos. “Todo dia aparece uma imagem nova e a produção é muito boa.”

Idealizador do Foto em pauta, Eugênio Sávio também vê motivos para festejar o momento. Sobretudo em Minas. “Nos tornamos um polo importante. Os festivais estão pipocando por aqui”, salienta. Por outro lado, ele ainda vê necessidade de mais apoio, principalmente do poder público. “Nossos artistas têm sido pouco exibidos em BH. Temos um Centro de Arte Contemporânea e Fotografia onde não vemos nossa fotografia exposta com regularidade – só me lembro de uma coletiva. Também pleiteamos a criação de um prêmio para a área. Os que ganhamos vieram de fora”, lamenta.

SERVIÇO
Foto em pauta - Bate-papo com Fernando Costa Netto

Data: Segunda-feira, 19, às 19h30
Local: Multiespaço Oi Futuro (Avenida Afonso Pena, 4.001, Mangabeiras)

Entrada franca

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE E-MAIS