Grupo Corpo se prepara para estrear 'Triz', espetáculo com trilha de Lenine

Prévia da coreografia, que será apresentada a partir de 30 de agosto, foi apresentada nesta sexta-feira

por Ana Clara Brant 09/08/2013 16:22

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Leandro Couri/EM/D.A Press
(foto: Leandro Couri/EM/D.A Press)
O Grupo Corpo apresentou nesta sexta-feira pela manhã uma prévia do seu mais novo espetáculo,'Triz', que tem estreia mundial em Belo Horizonte, no dia 30 de agosto, no Palácio das Artes.

Veja fotos do ensaio de 'Triz', do Grupo Corpo

Tradicionalmente, o grupo, apesar de ser mineiro, vem iniciando suas turnês no Teatro Alfa em São Paulo, e celebra essa volta às origens. "Não podemos nos queixar do que acontece em São Paulo, porque lá sempre somos muito bem recebidos e nos sentimos em casa. Já estreamos muito também em Lyon, na França, e por incrível que pareça, apresentamos mais lá do que em Belo Horizonte. Mas é bacana começar a turnê pela nossa cidade", revela Paulo Pederneiras, responsável pela cenografia e a iluminação.

Um dos destaques de 'Triz' é a trilha-sonora, assinada por Lenine. O músico pernambucano, que assinou as faixas de outro espetáculo do Corpo, Breu, em 2007, chegou a declarar na época, que essa foi uma das tarefas mais árduas de sua carreira e que agora, a 'coisa fluiu melhor'.

Se em Breu, a trilha tinha uma cara mais violenta e impactante, dessa vez, o foco ficou mais nos instrumentos de corda como berimbau, violão, violino, e até o piano.

Com coreografia de Rodrigo Pederneiras, que ainda está em recuperação de uma cirurgia no joelho, e por isso, demorou a finalizar o processo de criação de 'Triz', o espetáculo fica em cartaz em BH até o dia 3 de setembro. Os ingressos começam a ser vendidos na terça-feira, dia 13, na bilheteria do Palácio das Artes.

Antes mesmo de ir para o Rio e São Paulo, o Corpo embarca para o Sudeste Asiástico e o Leste Europeu, com programas diferenciados. Em Bangkok (6 de outubro) e Singaputa (11 e 12 de outubro), apresentam Sem mim e Onqotô e em, Moscou (16, 17 e 18 de outubro), Sem mim e Parabelo.

TRIZ
Coreografia Rodrigo Pederneiras
Trilha-sonora:Lenine
Cenografia e iluminação Paulo Pederneiras
Figurino: Freusa Zechmeister

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE E-MAIS