Autora do clássico 'A bonequinha preta' ganha festa no 2º Salão do Livro Infantil e Juvenil de Minas Gerais

Pioneira, ela divulgou a obra de Drummond, Bandeira e Cecília Meireles

por Ana Clara Brant 09/08/2013 06:00

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Beto Novaes/EM/D.A Press - 22/1/04
(foto: Beto Novaes/EM/D.A Press - 22/1/04)
Depois de literalmente passear nos vagões do metrô, desde segunda-feira, o 2º Salão do Livro Infantil e Juvenil de Minas Gerais desembarca nesta sexta-feira na Serraria Souza Pinto. Durante 10 dias, serão oferecidas 120 atrações culturais, entre lançamentos, palestras, debates, narração de histórias, peças de teatro e filmes. Os autores Pedro Bandeira, Paula Pimenta, Caio Ritter, Elisa Lucinda, João Marcos, Adelsin e Chico dos Bonecos participarão do evento.

“O melhor livro, por melhor que seja, nada significa se não tiver um leitor. O nosso foco é incentivar e formar público. Fora da programação oficial, cada estande oferecerá várias atividades”, informa Zulmar Wernke, presidente da Câmara Mineira do Livro (CML).

Momento especial será a homenagem a um clássico da literatura infantil: A bonequinha preta, de Alaíde Lisboa (1904 – 2006), lançado em 1938. O espaço Arena Mundo da Bonequinha Preta oferecerá várias atividades. Quarta-feira, o dia será só dela. A Editora Lê vai lançar o fac-símile da primeira edição. Em capa dura, formato e ilustrações originais, a obra resgata a história que encantou – e praticamente alfabetizou – gerações.

O lançamento contará com a participação da família da autora, além da curadora do Salão do Livro, Sandra Bittencourt, e do grupo Cantarolê. Às 19h, haverá apresentação de Quando o segredo se espalha, idealizado pelo professor, poeta e contista Chico dos Bonecos. O espetáculo radiofônico homenageia Alaíde Lisboa, também educadora e política. Irmã da poetisa Henriqueta Lisboa, ela foi a primeira mulher a exercer o cargo de vereadora em Minas Gerais.

Chico dos Bonecos interpreta um repórter de rádio que conversa com a professora Alaíde, papel a cargo da jornalista Nanci Alves. “A gente foca muito na questão da poesia. Ela teve um papel precursor e revolucionário: em 1939, com mais duas educadoras, lançou antologia com os jovens poetas da época, como Carlos Drummond de Andrade, Manuel Bandeira e Cecília Meireles”, destaca Chico. “Admiro dona Alaíde por levar a poesia para as crianças e para as escolas. Ela é a grande arquiteta desse movimento”, frisa. Quinta-feira, Chico dos Bonecos apresentará outro espetáculo, Tudobolô.

Mutirão


Outro projeto especial do Salão do Livro é o Trem do Cem, promovido pelo Clube de Editoras Mineiras, que reúne seis empresas de pequeno e médio portes: Aletria, Dubolsinho, Fino Traço, Mazza, RHJ e Uni Duni. O estande conjunto foi decorado como um vagão e quer atrair ludicamente crianças e adolescentes. A agenda prevê o lançamento de 31 livros, tardes de autógrafos, apresentação de espetáculos e oficinas para crianças e educadores.

Entre os espetáculos estão O ovo amarelinho do vizinho e Meu pai é uma figura (de Rosana Mont’Alverne), com a artista Alessandra Visentin; Lá no fundo do peito e outras histórias do sentimento profundo (Mauro Martins e Marlette Menezes); e O menino que queria virar vento e outros contos de saudade (Luísa Helena Ribeiro), com Ana Sofia; Emengarda, a barata, com o artista Pierre André; Pitulu e outras histórias, com Beatriz Myrrha; e Um menino chamado coelho (Ronaldo Simões Coelho), com Juliana Anselmo, Alessandra Visentin e Matê Natalino.



PROGRAMAÇÃO

» Sexta
8h45 às 13h30 – Narração de histórias com Ana Sofia Paiva. Arena Mundo da Bonequinha Preta
9h – A poesia nossa de cada dia, com Neusa Sorrenti. Espaço Bartolomeu Campos de Queirós
10h – Bate-papo com a escritora Elizete Lisboa e com Neylar Fernandes (libras). Auditório Sylvia Orthof
18h – Orquestras Jovem V&M do Brasil e Infantojuvenil da Escola Estadual Padre João Botelho. Arena Mundo da Bonequinha Preta
19h30 – Show com a poetisa e atriz Elisa Lucinda. Auditório Sylvia Orthof

» Sábado
11h – Sessão de autógrafos com Paula Pimenta (foto). Arena Mundo da Bonequinha Preta
11h e 15h30 – Brincadeiras e narração de histórias com Rúbia Mesquita. Auditório Sylvia Orthof
12h30 e 17h – Máquina de histórias, com o Grupo Aldeia Teatro de Bonecos. Espaço Bartolomeu Campos de Queirós
14h30 – Oficina A arte de escrever com arte: Tempo, tempus, com Ronald Claver. Espaço Fernando Sabino
15h – Narração de histórias com Gustavo Gaivota e lançamento de livros de Fabrício Marques. Arena Mundo da Bonequinha Preta
18h30 – A escolha, com Cia. Grafite Teatro Empresarial e Júlio Margarida. Auditório Sylvia Orthof

» Domingo
11h e 13h30 – Bichos de todo jeito, com o narrador de histórias Roberto de Freitas. Arena Mundo da Bonequinha Preta
14h30 – Oficina Meu livro, uma história, muitas imagens, com Daniela Penna. Espaço Fernando Sabino
15h30 – Bate-papo e sessão de autógrafos com José Carlos Aragão. Estande da Editora Paulinas
16h30 – Leitura dramática do livro Orquestra Bichofônica, com o escritor Antônio Barreto (foto). Arena Mundo da Bonequinha Preta

saiba mais

Para todas as gerações


Mariazinha e sua boneca preta são muito amigas. Certo dia, a menina sai com a mãe e não pode levar o brinquedo, mas pede que a companheira se comporte e não chegue à janela. De nada adianta.

A bonequinha ouve miados, quer saber o que ocorreu lá fora e há um acidente. O livro de Alaíde Lisboa foi lançado em 1938 e ganhou três capas. A primeira edição foi ilustrada por Monsan. A segunda (1981) e a terceira (2001) têm desenhos de Ana Raquel. A reedição histórica da Lê, que chega a público no Salão do Livro, reproduzirá a capa original.

NA SERRARIA

100 mil
pessoas esperadas até dia 18


200
escolas atendidas


30 mil
alunos aguardados


100
autores


200
editoras


120
atividades culturais

2º SALÃO DO LIVRO INFANTIL E JUVENIL DE MINAS GERAIS
Até dia 18. Serraria Souza Pinto, Avenida Assis Chateaubriand, 809, Floresta. De segunda a sexta-feira, das 8h30 às 21h; sábado e domingo, das 10h às 21h. Ingressos: R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia-entrada). Entrada franca para crianças até 10 anos, professores, bibliotecários e profissionais do livro (mediante comprovação). Informações: www.salaodolivro.com.br

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE E-MAIS