FMC divulga lista de 172 projetos aprovados na lei de incentivo municipal

Campanha de popularização do teatro, Ecum e VAC integram relação

por Carolina Braga 17/07/2013 06:00

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.

Gustavo Baxter/divulgação
'O menino no espelho', inspirado na obra de Fernando Sabino, foi selecionado no edital de BH (foto: Gustavo Baxter/divulgação)
A Fundação Municipal de Cultura de Belo Horizonte (FMC) divulgou o resultado do edital da lei de incentivo de 2012 relativo ao exercício deste ano. Foram aprovados 172 projetos entre os 1.808 inscritos, menos de 10% do total.

 

No ano passado, a FMC contemplou 212 propostas nas modalidades de fundo e incentivo fiscal. De acordo com dados divulgados pela fundação no início de 2013, o número de candidatos ao edital 2011 foi 115% superior ao deste ano.


Entre os projetos que obtiveram as maiores captações autorizadas estão a mostra artística do Centro Internacional de Teatro Ecum (R$ 200 mil), a Campanha de Popularização do Teatro e da Dança (R$ 220 mil) e os festivais Verão Arte Contemporânea, o VAC (R$ 200 mil), e Nômade 2013 (R$ 220 mil).


Também foram contemplados a Mostra Cine BH (R$ 213 mil) e o Indie (R$ 213 mil). O filme 'O menino no espelho', baseado na obra de Fernando Sabino, aprovou R$ 220 mil na modalidade de incentivo fiscal. O resultado do edital da Lei Municipal de Incentivo à Cultura está disponível no site pbh.gov.br.

Petrobras O Programa Petrobras Distribuidora de Cultura também divulgou a lista de aprovados. Foram escolhidos 67 espetáculos, nas categorias adulto (52) e infantojuvenil (15), para circular por 120 cidades brasileiras. Entre os mineiros estão os grupos Maria Cutia ('Como a gente gosta'), Cia. Burlantins ('Oratório: a saga de Dom Quixote e Sancho Pança'), Farroupilha, de Ipatinga ('O arquivo vivo') e Catibrum Teatro de Bonecos ('O cavaleiro da triste figura').


Entre as montagens de outros estados selecionadas para temporadas em BH estão 'À primeira vista', com direção de Enrique Diaz, e 'O livro', de Christiane Jatahy, protagonizada por Eduardo Moscovis. Serão destinados R$ 15 milhões ao programa no biênio 2013-2014.

 

MG no Shell
A companhia mineira Luna Lunera foi indicada a duas categorias no 26º Prêmio Shell de Teatro – São Paulo. 'Prazer', espetáculo cuja estreia em BH está prevista para setembro, concorre na categoria autor (criação coletiva) e cenário (Ed Andrade). Nas modalidades especiais está o CIT-Ecum, desdobramento Encontro Mundial de Artes Cênicas, que nasceu em BH. Os indicados do segundo semestre serão conhecidos em dezembro. O prêmio Shell será entregue no começo do ano que vem.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE E-MAIS