Festival de Inverno de Itabira chega à 39ª edição com a ideia de reunir contemporaneidade e tradição

Programação escalou nomes de destaque das artes brasileiras e da cultura local

por Estado de Minas 08/07/2013 06:00

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.

Marcelo Faustini/divulgação
Ney Matogrosso levará seu novo show, 'Atento aos sinais', à terra de Carlos Drummond de Andrade (foto: Marcelo Faustini/divulgação)
Até dia 28, o 39º Festival de Inverno de Itabira levará programação cultural à cidade – terra do poeta Carlos Drummond de Andrade – com a proposta de estimular o diálogo entre criações tradicionais e contemporâneas. Dessa forma, os 150 anos da Banda Euterpe – representante da arte regional – vão interagir com produções afeitas ao século 21, como o aclamado trabalho do grupo Uakti, que se apresentou na abertura, no domingo; do Grupo Galpão, com sua vigorosa recriação do teatro de rua; e da banda Pato Fu, que vem sofisticando a sonoridade do pop brasileiro.

O ecletismo marcará a agenda itabirana. Música, artes plásticas, cinema e artes visuais serão levados à população da cidade da Região Central do estado, a 102 quilômetros de Belo Horizonte. Um dos destaques do festival se volta para as crianças: o projeto Cine clubinho exibirá filmes de diversos países, de amanhã a quinta-feira, em três horários (às 9h, 14h e 16h). Dia 25, o grupo Barbatuques apresentará espetáculo criado especialmente para o público infantil.

O encerramento do evento, no dia 28, também será dedicado aos baixinhos: a banda Pato Fu subirá ao palco com 'Música de brinquedo', espetáculo elogiado pela crítica e aprovado por crianças de todo o Brasil.

Brás Martins da Costa/reprodução
Exposição exibirá fotos antigas de Itabira assinadas por Brás Martins da Costa (foto: Brás Martins da Costa/reprodução)
Vertentes
Marconi Drummond, superintendente da Fundação Cultural Carlos Drummond de Andrade (FCCDA), explica que a ideia é levar ao interior de Minas representantes de várias vertentes artísticas, vindos de Belo Horizonte, São Paulo e Rio de Janeiro, entre outras cidades.
Há tanto nomes consagrados da MPB – como Ney Matogrosso e Paulinho da Viola, por exemplo – quanto artistas que se destacaram nos últimos anos, como a cantora Mônica Salmaso, passando por revelações da cena contemporânea, caso do rapper Criolo.

Grupo Poro/divulgação
Intervenção urbana do Grupo Poro, que promete ocupar as ruas de Itabira (foto: Grupo Poro/divulgação)
Local
A cultura itabirana ocupará espaço de destaque no festival. Dia 23, na Casa do Brás, será lançado o livro 'Retratos na parede', parceria do urbanista Altamir José de Barros com o escritor Robinson Damasceno dos Reis. No mesmo espaço, ficará em cartaz a bela exposição permanente de fotos de Brás Martins da Costa, que registrou imagens emblemáticas não apenas da cidade de Carlos Drummond, mas de Minas Gerais.

Martins da Costa, por meio do registro de paisagens e eventos sociais, mapeou a Itabira do século 19. Naquela época, a fotografia não era difundida no interior mineiro, o que confere mais importância às raras imagens. Detalhe: a mostra ficará em cartaz na casa onde o fotógrafo morou com a família.

 

Programação

» Terça-feira
• Cine clubinho. Às 9h, 14h e 16h, na Praça do Areão
• Luiz Bira ('Que assim seja') e Matheus Septeto ('Do baião a Piazzolla'). Memorial Carlos Drummond de Andrade, às 19h. Entrada franca

» Quarta-feira
• Cine clubinho. Às 9h, 14h e 16h, na Praça do Areão

 » Quinta-feira
• Cine clubinho. Às 9h, 14h e 16h, na Praça do Areão
• Exposição 'Estalactites tipográficas', com trabalhos de Guilherme Mansur inspirados em poemas de Augusto Tramm traduzidos por Augusto de Campos. Abertura às 14h. Foyer da Fundação Cultural Carlos Drummond de Andrade (FCCDA).
Até dia 28.
• 'Os gigantes da montanha', nova peça do Grupo Galpão. Direção: Gabriel Villela. Concha Acústica, às 19h30. Entrada franca.

» Sexta-feira
• Intervenção dos artistas plásticos Brígida Campbell e Marcelo Terça-Nada (Grupo Poro), com faixas, cartazes e panfletos reivindicando o território urbano como espaço para a arte. Ao longo do dia, no Centro.
• Grupo de Dança Perecolândia e Romário Araújo. Centro de Tradições do distrito de Senhora do Carmo, às 20h. Entrada franca
• Ney Matogrosso, no show 'Atento aos sinais'. Praça do Areão, às 20h30. Entrada franca

» Sábado
• Intervenção do Grupo Poro. Projeto Basquiat graffitti, com apresentação de MCs de Itabira. Praça Acrísio Alvarenga, às 13h.
• 'As aventuras de Alice no país das maravilhas', peça do Grupo Giramundo (teatro de bonecos). Teatro da FCCDA, às 17h. R$ 5.

» Domingo
• Banda Santa Cecília e Meninos de Minas. Praça de Ipoema, às 16h. Entrada franca
• Cia. La Minima, em 'Mistero Buffo'. Teatro da FCCDA, às 18h. R$ 5.
• Paulinho da Viola. Praça do Areão, às 20h. Entrada franca

Programação completa: www.culturaemitabira.com.br

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE E-MAIS