Alfaiates de BH ganham documentário e mostra de fotografia, em cartaz no Centro de Referência de Moda

'Alfaiates de Belo Horizonte' será exibido nesta terça-feira, às 19h30

por Sérgio Rodrigo Reis 25/06/2013 06:00

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Alexandre Lopes/Divulgação
(foto: Alexandre Lopes/Divulgação)
É difícil imaginar que neste mundo cada vez mais tecnológico ainda perdurem antigos ofícios. Os alfaiates são bom exemplo disso. Em Belo Horizonte, confecções modernas e repletas de equipamentos sofisticados dividem espaço com técnicas artesanais ensinadas de geração a geração. Inspirados nesse universo, foram idealizados o documentário 'Alfaiates de Belo Horizonte', de Sílvia Godinho e Ana Luísa Santos, e a exposição 'Alfaiates BH', de Alexandre Lopes. Ambas ficarão em cartaz a partir desta terça-feira no Centro de Referência da Moda.

O curta-metragem mostra alfaiates em atividade na capital mineira e a relação da cidade com a profissão. Os personagens são pessoas comuns de diferentes gerações e origens, que trabalham em ateliês próprios. Eles falam de sua trajetória pessoal e profissional, da infância à prática do ofício no século 21. Realizado por meio do programa BH Audiovisual, da Fundação Municipal de Cultura, o filme aborda a alfaiataria para investigar a vida e o tempo. Cinco perfis de profissionais são revelados.

A proposta da exposição, com 12 imagens, é homenagear os alfaiates. A intenção de Alexandre Lopes é contribuir para o reconhecimento de profissionais ainda em atuação, promover o interesse pela moda e ser referência para futuros profissionais.

A ideia nasceu de um misto de pesquisa pessoal – Alexandre é professor de fotografia do curso de moda – e da necessidade de chamar a atenção para o ofício. O fotógrafo escolheu profissionais experientes que tivessem histórias para contar.

Especializado em retratos, o fotógrafo optou por imagens clássicas. “Todos têm a mesma identidade visual. Procurei quem tivesse mais tempo de mercado e praticasse de maneira arcaica a condução de seus clientes. Eles ainda mantêm relação de amizade com fregueses, não operam as formas atuais de comunicação e estão fora das novas mídias. Geralmente, são as pessoas que os procuram”, conclui Alexandre Lopes.

ALFAIATES EM BELO HORIZONTE
Lançamento de documentário e exposição. Nesta terça-feira, às 19h30. Centro de Referência da Moda (Rua da Bahia, 1.149, Centro). Informações: (31) 3277-4384.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE E-MAIS