'Em busca do tempo perdido' é tema do Bloomsday mineiro

Comemoração foi criada para celebrar a vida e a obra do escritor irlandês James Joyce

por Eduardo Tristão Girão 16/06/2013 08:20

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.

AFP
A livreira Silvia Beach com o escritor James Joyce (foto: AFP)
Comemoração criada para celebrar a vida e a obra do escritor irlandês James Joyce (1882 – 1941), o Bloomsday começou há quase seis décadas em Dublin. Em BH, é promovido há 23 anos pelo Grupo Oficcina Multimédia. Esta noite, na Fundação de Educação Artística, a festa terá como atrativos a leitura de contos do livro Dublinenses e, curiosamente, a culinária.

O espectador poderá optar entre pagar R$ 16 ou levar um prato doce ou salgado (ligado à sua memória afetiva) para ser degustado. “A comida tem apelo que vai além do sensorial imediato. Ela pode te levar para outros lugares”, explica Ione Medeiros, diretora do Oficcina Multimédia.


O Bloomsday mineiro terá o tema “Em busca do tempo perdido”, referência à obra do escritor Marcel Proust e a inventários tão presentes nos escritos de Joyce. Além disso, os integrantes da Oficcina lerão contos, ação que não constava das edições anteriores.

“São contos muito benfeitos, interessantes e mais acessíveis que Ulisses”, afirma Ione. O público também poderá conferir vídeos e informações sobre o escritor.

BLOOMSDAY
Fundação de Educação Artística,
Rua Gonçalves Dias, 320, Funcionários. Hoje, das 18h às 22h.
Ingresso: R$ 16
ou um prato salgado ou doce. Informações: (31) 3221-6200 e www.bloomsdaybh.blogspot.com.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE E-MAIS