Feira do Livro de Ribeirão Preto deve encerrar edição com saldo positivo

Evento literário recebeu cerca de 120 artistas convidados e apresentou novidades aos leitores

por Carlos Herculano Lopes 14/06/2013 00:13

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Ana Cláudia Ramos/Divulgação
Stella Maris Rezende foi uma das atrações do Feira do Livro (foto: Ana Cláudia Ramos/Divulgação)
Ribeirão Preto
– Desde o começo do mês, Ribeirão Preto, na região Nordeste de São Paulo, está respirando literatura e música, com a realização da 13ª Feira Nacional do Livro. Com custo estimado em R$ 3,4 milhões, até domingo, quando termina o evento, cerca de 120 convidados, de todas as partes do país, terão participado do encontro, que homenageia a Alemanha e os escritores Monteiro Lobato, Pedro Bandeira e Florestan Fernandes.


Cada criança das escolas públicas da cidade recebeu um cartão de crédito-livro, além de lanche. É grande a presença da garotada. Para a professora Heliana Palocci, vice-presidente da Fundação Feira do Livro e curadora do evento, o encontro é, antes de tudo, oportunidade para incentivar a leitura e aproximar as pessoas. “A presença de Minas está intensa, com a vinda de escritores, professores e estudantes de São Sebastião do Paraíso, Poços de Caldas, Passos e outras cidades. Também a Editora da UFMG está presente”, disse Heliana.

No Salão de Ideias, no Theatro Pedro II, onde está sendo realizadas, a maioria das palestras, a escritora Stella Maris Rezende, que no ano passado faturou três prêmios Jubuti com o romance 'A mocinha do Mercado Central', bateu papo com o público, além ter lido trechos dos seus livros. Em outra palestra, o gaúcho Menalton Braff falou sobre o seu método de criação. “Escrevo e reescrevo várias vezes um texto e também costumo deixá-lo descansar por algum tempo, quando vejo que a coisa não está rendendo”, disse. Seu romance 'O casarão' está entre os finalistas deste ano do Prêmio Portugal Telecom.

Entre as atrações de sexta-feira, além de lançamentos e debates, encontro com Rubem Alves, às 16h, no Salão de Ideias, e show de Diogo Nogueira, às 21h, na Praça 15 de Novembro. Às 18h30, Frei Betto autografa seus livros e conversa com o público.

*O repórter viajou a convite  da organização do evento.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE E-MAIS