Atriz, diretora e dramaturga confirma saída do grupo que ajudou a fundar em Belo Horizonte

Agora em São Paulo, ela se dedica à realização de dois espetáculos teatrais

por Ailton Magioli 10/05/2013 08:41

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Gladyston Rodrigues/EM/D.A PRESS
Grace Passô adianta que continuará participando dos projetos do repertório do Espanca! (foto: Gladyston Rodrigues/EM/D.A PRESS)
A atriz, diretora e dramaturga Grace Passô já não integra mais o Grupo Espanca!, que ela ajudou a criar em Belo Horizonte, em 2004, ao lado de outros jovens atores. Em São Paulo ensaiando o espetáculo 'O contrato', com as atrizes Débora Falabella e Yara de Novaes, com estreia prevista para o segundo semestre, Grace confirmou: “De fato, estou num processo de desligamento da companhia”, disse ela, explicando que preferia falar mais sobre o assunto na hora em que oficializar a saída do grupo, do qual, aliás, não se afastará totalmente, já que dará continuidade às apresentações dos cinco espetáculos do repertório.

Antes de Grace, também deixaram o grupo os atores Samira Ávila (a primeira a sair) e Paulo Azevedo. Atualmente, integram o Espanca! os atores Gustavo Bones e Marcelo Castro e a produtora Aline Vila Real. “Estamos saindo da tempestade agora”, diz Gustavo, resumindo o processo que resultou na saída de Grace Passô da companhia, que teria levado todo o elenco a uma profunda reflexão. “Sabemos que ela é uma das maiores dramaturgas do país, atriz excepcional, e que foi a grande figura na formação do grupo”, resumiu o ator. Para ele, ao mesmo tempo, no entanto, eles foram construindo linguagem teatral comum a todo o elenco, que agora tem o compromisso de levar isso adiante. “Foi uma saída bonita e amigável. Vamos continuar com o repertório do grupo, paralelamente à criação de espetáculos”, concluiu Gustavo Bones.

De autoria do inglês Mike Bartlett, o novo espetáculo que Grace Passô está dirigindo em São Paulo, com o Grupo 3 de Teatro, vem sendo construído em processo interativo, com a participação do público, por meio do contato com material de pesquisa, cenários e figurinos. A proposta é envolver a plateia nas várias etapas da produção. A estreia será em São Paulo, em data ainda a ser definida. Depois, turnê por cidades do interior daquele estado. Paralelamente, Grace criará uma segunda peça com outros atores paulistas.

O começo

Desde a estreia, em 2004, com 'Por Elise', no 5º Festival de Cenas Curtas do Galpão Cine Horto, o Grupo Espanca! só contribuiu para reforçar a presença mineira na cena teatral brasileira. A capital, que reunia elencos de renome como Galpão e Giramundo, passou a contar com a jovem companhia, liderada pela atriz, diretora e dramaturga Grace Passô, que, ao lado de Paulo Azevedo, Marcelo Castro, Gustavo Bones e Samira Ávila, começou a fazer arte comprometida com o tempo presente, exibindo, já profissionalmente, no ano seguinte, o mesmo espetáculo na Mostra Paralela do 14º Festival de Teatro de Curitiba.

Daí em diante vieram as montagens de 'Amores surdos' (2005), 'Congresso internacional do medo' (2008), 'Marcha para Zenturo' (2010) e 'O líquido tátil' (2012), que só contribuíram para reforçar o potencial do Espanca!. Depois de prêmios nacionais – como o Shell de melhor dramaturga e o Associação Paulista de Críticos de Arte (APCA) de melhor texto teatral, ambos com 'Por Elise' –, o grupo atraiu patrocínio de grande empresa, fundando sede própria no Centro de Belo Horizonte, que já se tornou ponto de encontro para debates e apresentações teatrais.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE E-MAIS