Chega a BH 'Tudo por um popstar', musical adaptado da obra de Thalita Reboucas

Espetáculo dedicado ao público teen entra em cartaz no Sesc Palladium

por Carolina Braga 10/05/2013 08:00

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Guga Melgar/Divulgação
(foto: Guga Melgar/Divulgação)
Há tantos anos se dedicando a escrever livros para adolescentes, Thalita Rebouças não tem dúvidas, a galerinha na faixa etária dos 11, 12 anos se amarra em ídolos, independentemente da nacionalidade. Vide fenômenos tipo Justin Bieber, Rebeldes ou Britney, agora já mais velha. É nesse universo dos fãs que se passa 'Tudo por um pop star', musical que chega a Belo Horizonte depois de temporadas lotadas no Rio de Janeiro.

A montagem foi uma ideia da Aventura Entretenimento, empresa responsável por musicais do naipe de O' Mágico de Oz' e 'Um violinista no telhado'. A meta era fazer algo dedicado ao público teen e, assim, correram para os braços de Thalita. “Ver meus personagens cantando e dançando com certeza é uma aventura. É algo inusitado, no qual nunca havia pensado”, diz ela.

'Tudo por um pop star' foi o primeiro romance da carreira dela dedicado a esse público. Na adaptação para os palcos, Thalita se reservou à tarefa de supervisionar a dramaturgia feita por Gustavo Reiz. A direção de cena ficou a cargo de Pedro Vasconcelos e a musical de Jules Vandystadt. “Queria que a alma do livro estivesse no palco”, frisa a autora. Ela gostou tanto do resultado que diz se derramar em lágrimas toda vez que está na plateia.

A peça conta a história de três amigas, Gabi, Ritinha e Manu, moradoras de Resende (RJ) que vão para o Rio de Janeiro só para ver de perto o show dos ídolos da banda Slavabody Disco Disco Boys. A transposição dessa viagem literária para o palco mistura linguagens. “Na hora que elas estão na estrada tem um telão com um filme. Não é só uma peça, mas tem show, cinema, a coreografia das meninas”, completa Thalita, que, inclusive, faz participação especial na gravação.

Para a autora, o sucesso do espetáculo se explica pela carência de atrações voltadas a essa faixa etária e também pela qualidade de todos os elementos utilizados em cena, tanto da música, quanto da iluminação e outros. Ela garante que, apesar de ter os adolescentes como o principal público alvo, a montagem é tão dinâmica que é capaz de agradar a várias faixa etárias.

THALITA MULTIMÍDIA
O ano de 2013 tende a ser multimídia na carreira de Thalita Rebouças. A escritora terá pelo menos três obras adaptadas para o cinema, além de um seriado no ar. Enquanto a produtora LC Barreto cuida da versão de 'Ela disse, ele disse' para o cinema, Daniel Filho está à frente do projeto cinematográfico de 'Uma fada veio me visitar' e César Rodrigues vai dirigir 'Tudo por um namorado'.

TUDO POR UM POP STAR
Sábado e domingo, às 20h. Sesc Palladium. Avenida Augusto de Lima, 420, Centro, (31) 3279-1500. Ingressos: Plateia 1, R$ 80 (inteira) e R$ 40 (meia); plateias 2 e 3, R$ 60 (inteira) e R$ 30 (meia). Ingressos à venda na bilheteria e pelo site www.ingresso.com.br.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE E-MAIS