Grupo mostra intervenção que mescla audiovisual e culinária em BH

Apresentação acontece neste domingo no Santa Efigênia

por Estado de Minas 07/04/2013 09:30

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Rafael Perpetuo/divulgação
O grupo Indigestão apresenta neste domingo a intervenção artística "Como era gostoso meu antropófago" (foto: Rafael Perpetuo/divulgação)
Premiada na nona edição do programa Rede Nacional Funarte Artes Visuais, a intervenção artística Como era gostoso meu antropófago, do grupo Indigestão, terá única apresentação na capital mineira, hoje, às 18h30, no Bairro Santa Efigênia. 

Formado durante workshop na Funarte de BH pelos artistas Clarice Steinmuller, Guto Valentin, Noemi Assumpção, Rafael Machado e Rafael Perpétuo, o grupo Indigestão atua na fronteira entre o audiovisual e a culinária e busca na ideia do absurdo meios para criar situações insólitas. 

A apresentação, que passará por São Paulo, Curitiba, Rio de Janeiro e Recife, mistura performances que ocorrem simultaneamente, durante uma hora, em barracas montadas pelo grupo. O público poderá conferir situações inusitadas como o uso de ingredientes exóticos na elaboração dos pratos ou a retirada de sons de liquidificadores batendo frutas tropicais, enquanto projeções são exibidas na rua.

Como era gostoso meu antropófago
Intervenção artística do grupo Indigestão, hoje, às 18h30, na Rua Romano Stochiero, 54, Santa Efigênia. Entrada franca. Informações: (31) 8432-6464. 


VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE E-MAIS