Bailarino japonês Yoshito Ohno está em Minas para uma série de atividades com alunos de artes cênicas

Coreógrafo se apresenta em Ouro Preto e Tiradentes

por Carolina Braga 12/03/2013 10:03

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Kazuo Ohno Dance Studio
Coreógrafo e bailarino japonês Yoshito Ohno se apresenta em Ouro Preto e Tiradentes (foto: Kazuo Ohno Dance Studio )
Herdeiro de um dos criadores da dança butô, e atualmente o último representante vivo da primeira geração dela, o coreógrafo e bailarino japonês Yoshito Ohno está em Minas para uma série de atividades com alunos de artes cênicas. Nesta terça-feira pela manhã, ministra em Ouro Preto oficina sobre a arte que desenvolveu ao lado do pai Kazuo Ohno. Além do curso, Yoshito apresenta o espetáculo 'Ventos do tempo', nesta quarta-feira, no Teatro Municipal Casa da Ópera, também em Ouro Preto, e na sexta-feira, na Igreja de Nossa Senhora do Rosário dos Pretos, em Tiradentes.

O butô é fruto de um movimento de contracultura existente no Japão desde os anos 1960. Surgiu como uma resposta oriental pela invasão dos valores e das práticas culturais do Ocidente. Kazuo foi o grande precursor dessa filosofia do corpo. Em 1959, Yoshito participou da performance Kinjiki, dirigida por Tatsumi Hijikata, considerada a primeira criação da dança Butô.

Yoshito Ohno vem a Minas a convite do grupo de pesquisa Híbrida – poéticas híbridas da cena contemporânea, da Universidade Federal de Ouro Preto. O bailarino é uma das atrações do simpósio H#1 - corpolítico, que contará, ainda, com performances, intervenções, mesas de debates e espetáculos. Em Ventos do tempo, propõe uma reflexão sobre as ideias contemporâneas que se tem sobre o corpo. Os participantes da oficina dividirão a cena com ele. Um dos objetivos de Ventos do tempo é continuar disseminando a dança Butô pelo mundo.

Ventos do tempo
Com Yoshito Ohno. nesta quarta-feira, às, 21h, no Teatro Municipal Casa da Ópera, em Ouro Preto. Sexta-feira, às 18h, na Igreja de Nossa Senhora do Rosário dos Pretos, em Tiradentes. Entrada franca mediante retirada de ingressos.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE E-MAIS