Alunos do curso de design de moda da UFMG relembram trabalho de Arthur Bispo do Rosário em exposição

Mostra 'Perdendo o fio' entra em cartaz na Escola de Belas-Artes da UFMG

28/01/2013 12:01

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
 (Rodrigo Lopes/divulgação)
Manto criado por Arthur Bispo do Rosário (foto: (Rodrigo Lopes/divulgação))
Arthur Bispo do Rosário (1911-1989) continua inspirando as novas gerações. Nesta segunda-feira à noite, alunos do 2º período do curso de design de moda da Universidade Federal de Minas Gerais apresentarão a exposição 'Perdendo o fio', que traz as lições do mestre para o universo fashion.

Os universitários exibirão cadernos e processos de criação desenvolvidos a partir da figura de Bispo do Rosário. Os trabalhos foram realizados para a disciplina pesquisa de moda 1, ministrada pela professora Lúcia Santiago.

Nordestino pobre, Bispo trabalhou como marinheiro, pugilista e lavador de carros. Internado em instituição psiquiátrica depois de um delírio místico, em 1938, foi considerado esquizofrênico pelos médicos e viveu meio século em manicômios cariocas.

Na década de 1980, quando a antipsiquiatria questionou vigorosamente o conceito de loucura, vieram à luz mantos, estandartes, colagens, justaposições de objetos e bordados criados por Bispo. Interno da Colônia Juliano Moreira, ele usava fios da própria roupa, garrafas de plástico, botões, colheres e caixas de frutas como matéria-prima para reinventar o mundo.

O sergipano morreu pobre num quarto de manicômio, mas sua obra se tornou aclamada no circuito internacional. Hoje, Bispo do Rosário é considerado expoente da arte contemporânea brasileira.

Em tempo: quem quiser conferir o trabalho dele tem uma ótima chance em BH. Peças que passaram décadas sem vir a público estão expostas de terça-feira a domingo, no Palácio das Artes, na mostra itinerante da 30ª Bienal de São Paulo.

PERDENDO O FIO

Trabalhos de alunos do curso de design de moda da UFMG. Escola de Belas-Artes da UFMG, Avenida Antônio Carlos, 6.627, câmpus da Pampulha. Nesta segunda-feira, das 19h às 22h.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE E-MAIS