Frevo do Brasil inscrito no Patrimônio Cultural Imaterial da Unesco

por AFP 05/12/2012 15:51

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Luiz Ribeiro/EM/D.A Press
(foto: Luiz Ribeiro/EM/D.A Press)

O frevo nordestino foi inscrito nesta quarta-feira no Patrimônio Cultural Imaterial da Unesco, durante uma reunião na sede do organismo em Paris.



A ministra brasileira da Cultura, Marta Suplicy, acompanhou a delegação brasileira que apresentou perante a Unesco a candidatura do Frevo, descrito como "uma expressão artística", típica do Recife e outras cidades nordestinas.

Pouco antes da votação, um grupo de frevo se apresentou ante o Comitê Intergovernamental para a salvaguarda do Patrimônio Imaterial da Unesco, oferecendo uma colorida demonstração desta mistura de gêneros musicais, danças, capoeira e também artesanato.

Antes da votação, a proposta do Brasil recebeu uma recomendação positiva do grupo de especialistas que analisa os projetos antes de submetê-los ao Comitê, indicou à AFP um membro da delegação brasileira.

Mas o Comitê Intergovernamental, formado por 24 países, pode tomar suas decisões sem seguir as recomendações dos especialistas, o que sempre abre espaço para surpresas.

O Comitê Intergovernamental encontra-se reunido desde terça-feira na sede da Unesco para examinar mais de 36 candidaturas de práticas e tradições que desejam enriquecer a "Lista Representativa do patrimônio cultural imaterial".

Além de Brasil, aspiram a ser inscritos nesta lista as festas de São Francisco de Assis, ou "San Pacho", de Quidbó (Colômbia), o tecido tradicional do chapéu de palha do Equador e os diabos dançantes do Corpus Christi da Venezuela, assim como a Festa dos Pátios de Córdoba (Espanha).

Todas as cinco propostas receberam uma recomendação positiva do grupo de especialistas.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE E-MAIS