Produtor processa integrantes do Monty Python

Produtor de Monty Python e o Cálice Sagrado entrou com ação contra o musical Spamalot, originado do filme

por AFP 30/11/2012 17:01

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
REUTERS / SUSANA VERA
Musical Spamalot seria motivo de batalha judicial entre produtor e membros da trupe (foto: REUTERS / SUSANA VERA)
O produtor do cult Monty Python e o cálice sagrado resolveu processar os integrantes do grupo cômico britânico para exigir royalties pelo musical originado do filme, Spamalot. Os três integrantes do grupo - Eric Idle e Michael Palin, ambos com 69 anos, e Terry Jones, 70 – são o alvo da ação aberta pelo produtor Mark Forstater.

Spamalot, criada por Idle e descrita nos cartazes da peça como “carinhosamente copiada” do filme de 1975, há anos se encontra em cartaz em Londres e na Broadway. Tom Weisselberg, advogado de Forstater, alega que seu cliente se encontra “em dificuldades financeiras e foi forçado a abrir o processo”. Os demais integrantes do grupo, John Cleese e Terry Gilliam, não foram citados no processo, e o sexto, Graham Chapman, faleceu em 1989.



VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE E-MAIS