População de Belo Horizonte é a que mais frequenta teatro no país

Pesquisa do Ibope entre as capitais observa que 15% dos belo-horizontinos assistiram a uma peça nos últimos 30 dias

por Agência Minas 30/11/2012 15:25

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.

Uma pesquisa divulgada esta semana pelo Ibope Media apurou que Belo Horizonte, ao lado do Rio de Janeiro, figura no topo das capitais do país quando o assunto é a frequência da população em atividades artísticas, como o teatro ou ópera. Segundo o levantamento, 15% das pessoas entrevistadas nas duas capitais assistiram a alguma montagem nos últimos 30 dias, contra uma média de 11% do restante do país. Em segundo lugar estão Salvador e Porto Alegre, com 13% da população tendo frequentado o teatro no último mês. Ainda de acordo com a pesquisa, quem vai ao teatro demonstra estar mais interessado em conhecer novas culturas (77%) e apresenta mais interesse pelas artes em geral (58%). No grupo dos que não frequentam teatro, esses percentuais são de 63% e 42%, respectivamente. “A trajetória bem-sucedida de grupos e artistas independentes, o êxito de realizações que acolhem as mais diversas expressões e, sobretudo, a qualidade artística das produções motivam o interesse dos mineiros pelas artes cênicas. Este fato também se reflete nos mecanismos de fomento e incentivo da Secretaria de Estado de Cultura, como o Prêmio Cena Minas, que recebeu, em 2012, número recorde de inscrição, com aumento de 138% dos projetos apresentados”, afirma a secretária de Estado de Cultura, Eliane Parreiras. A pesquisa também relaciona a assiduidade dos frequentadores de teatro a características como a auto percepção de criatividade. O número de pessoas que se consideram criativas é maior entre os apreciadores das encenações no palco, chegando a 82%, frente a 77% entre os que não frequentam os teatros. Também há diferenças no julgamento do incentivo dado às artes e aos esportes em geral. Entre os frequentadores de teatro, 46% consideram que há muito patrocínio para essas áreas, valor que chega a 56% entre as pessoas aqueles que não frequentam. Sobre a pesquisa O estudo Target Group Index, do Ibope Media, foi realizado nas regiões metropolitanas de São Paulo, Rio de Janeiro, Porto Alegre, Curitiba, Belo Horizonte, Salvador, Recife, Fortaleza, Brasília e nos interiores de São Paulo e das regiões sul e sudeste. Ao todo, entre julho de 2011 e agosto de 2012, foram realizadas 20.736 entrevistas com pessoas de ambos os sexos das classes AB, C e DE com idades entre 12 e 75 anos. A representatividade é de 49% da população brasileira entre 12 e 75 anos ou71 milhões de pessoas. Confira abaixo a classificação das capitais segundo a pesquisa. Belo Horizonte - 15% Rio de Janeiro  - 15%

Salvador         - 13% Porto Alegre    - 13% São Paulo        - 12% Brasília            - 12% Curitiba           - 12% Recife              - 9%

Fortaleza          - 7%



VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE E-MAIS