Palácio das Artes recebe mostra do acervo de videoarte do Itaú Cultural

Onze obras da coleção são apresentadas em Belo Horizonte na primeira exposição do gênero realizada pelo instituto

por Agência Minas 22/11/2012 16:09

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Gil Leonardi/Imprensa MG
(foto: Gil Leonardi/Imprensa MG)
A partir desta quinta-feira, 22, até o dia 6 de janeiro de 2013, a galeria Alberto da Veiga Guignard do Palácio das Artes, na Fundação Clóvis Salgado, em Belo Horizonte, recebe a mostra Filmes e Vídeos de Artistas na Coleção Itaú Cultural, com 11 obras do acervo do instituto desse gênero. Realizadas nos últimos 50 anos, elas contemplam desde os primórdios desse tipo de mídia até os trabalhos mais contemporâneos, que se aproximam da linguagem do cinema. Com curadoria do produtor cultural Roberto Moreira S. Cruz, a exposiçao revela, por suas qualidades estéticas, a relevância da produção brasileira contemporânea de filmes e vídeos de artistas. A coleção é dividida em dois temas: um abrange obras sensoriais e outro foca o olhar cinematográfico. Segundo Cruz, primeira é formada por aquisições históricas das décadas de 1960, 1970 e 1980, em que as produções eram feitas em VHS, Super 8, 16 mm e portapack. “Os próprios autores haviam esquecido de grande parte desse material, como Homenagem a Steinberg – Variações sobre um tema de Steinberg: As Máscaras Nº 1, obra de Nelson Leirner, que estava perdida em sua casa e que foi restaurada e remasterizada”, conta. Segundo o curador, as décadas de 60 a 80 foram uma fase difícil para os artistas, pela inexistência de um mercado consumidor e porque o cenário cultural brasileiro estava fortemente  submetido à censura do regime militar. “Os filmes e vídeos mais originais e inventivos, realizados neste contexto, permaneceram durante muito tempo desconhecidos e praticamente abandonados nas gavetas dos estúdios e ateliês”, explica. Além da obra de Leirner, pode-se destacar como pioneiros no uso desse suporte artístico Letícia Parente, Regina Silveira e Anna Bella Geiger, cujos trabalhos podem ser conferidos no Palácio das Artes.  A segunda divisão da exposição joga o foco em obras contemporâneas realizadas a partir da década de 1990 até os dias atuais. Esses artistas trabalham com o audiovisual e tem inserção no mercado, e também o usam como suporte para criar sons, imagens e linguagens muitos particulares. “Nesse caso, selecionamos os trabalhos com base na sua representação antológica e na forte questão mercadológica que representam atualmente”, conta o curador. Nesta categoria destacam-se criações de Eder Santos, Cao Guimarães, Brígida Baltar, Thiago Rocha Pitta, Sara Ramo e Luis Roque. “Estas obras não são expressamente cinematográficas e o tempo da projeção pode ser indeterminado, o filme pode não ter início, meio ou fim, mas todas apontam para o cinema em sua totalidade”, analisa Cruz. Serviço: Filmes e Vídeos de Artistas na Coleção Itaú Cultural Data: 22 de novembro a 6 de janeiro de 2013 Terça-feira a sábado, das 9h30 às 21h / Domingo, das 16 às 21h Entrada franca Informações: (31) 3236-7400 /www.fcs.mg.gov.br

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE E-MAIS