Editora mineira Nemo lança pacote de quadrinhos destinadas a todos os tipos de público.

O trabalho do aclamado Moebius chega às prateleiras ao lado de quarteto de heróis brasileiros

por Walter Sebastião 07/11/2012 09:59

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.

Nemo/reprodução
Força Animal reúne os garotos Jonathan, Helena, Tales e Artur, amigos da fauna brasileira (foto: Nemo/reprodução)
Surge em Belo Horizonte um novo quarteto de super-heróis: o grupo Força Animal. São três garotos – Jonathan, Tales e Artur – e uma menina, Helena. Eles têm, respectivamente, os poderes do felino jaguaruna, do tatu, do peixe aruanã e da harpia. A criação é do roteirista mineiro Wellington Srbek e do desenhista paulista Zullo. A história dos quatro acaba de ser lançada com o “pacote” dedicado aos quadrinhos pela Editora Nemo, que reúne sete títulos. Três álbuns caprichados apresentam criadores respeitados, com obras dedicadas a públicos variados. Outras narrativas são adaptações literárias ou inspiradas em mitos. Força animal tem histórias ligadas ao esporte e à ecologia. O jeitão é de gibi de banca de revista. Wellington Srbek diz que nem ele (o editor da Nemo) nem o desenhista têm tempo para se dedicar a publicações mensais. A previsão é lançar histórias a cada quatro meses. Srbek revela que não imaginou um trabalho para público ou nicho específicos. “O desenvolvimento da história define o destinatário. Quando o personagem cria vida, toma as rédeas da trama e você tem que respeitar a personalidade dele. Força animal caminhou naturalmente na direção das crianças e adolescentes”, explica. A percepção social dos quadrinhos melhorou muito, assegura o editor da Nemo. “Eles não são mais vistos como antigamente, tratados como produção alternativa para crianças ou só de banca. Há trabalhos muito diferentes, vários chegam ao público sob a forma de livros de arte”, observa. A Nemo surgiu em 2011. Oferece produção gráfica caprichada e volumes destinados a livrarias. Mas esses espaços, afirma Srbek, devem aprender a trabalhar com HQs. “A situação é contraditória. Há locais em que os quadrinhos ficam no cantinho com as revistas jogadas. Em outros, há espaços específicos e até lojas”, comenta. Um sucesso da editora são as histórias do francês Moebius (1938-2012). Entre os nacionais, a série sobre mitos tem obtido bons resultados. Lançar oito títulos simultaneamente foi fruto do acaso. Atrasos da gráfica fizeram com que álbuns previstos para setembro saíssem em outubro, informa Srbek. Este ano, ele mandou 16 produtos para o mercado. Estão previstos mais quatro. “Em 2013, faremos dois lançamentos por mês. Sempre afirmei que aos brasileiros não falta talento, mas oportunidades de publicar. Vivemos momento atípico, com espaço para o autor trabalhar. Espero que isso se torne típico”, afirma. SHAKESPEARE - A Nemo planeja exportar produções brasileiras valendo-se de livrarias virtuais. Já vêm sendo feitas traduções para o inglês de histórias inspiradas nas obras de Shakespeare. A formação de mercado brasileiro para quadrinhos já se tornou realidade. Wellington Srbek diz que o momento da virada se deu em 2006, quando o Plano Nacional Biblioteca na Escola (PNBE) começou a comprar quadrinhos. “O efeito colateral e positivo foi o aquecimento do mercado para todos, não só para autores estrangeiros”, observa. O dinamismo é tanto que há um ano, quando a Nemo surgiu, enfrentou a falta de mão de obra. Muitos artistas não tinham agenda para assumir novos projetos, conta Srbek. LANÇAMENTOS

» As férias do Major Quinto volume de um autor clássico da HQ contemporânea: o francês Moebius. Oito histórias envolvem o major Grubert, personagem famoso do artista. » Hip Flask: uma seleção não natural Ficção científica sobre híbridos de humanos e animais. O álbum surgiu quando Richard Starkings, designer de fontes para gibis, escreveu história para o mascote da empresa dele. Os desenhos ficaram a cargo do mexicano Landron. Os diálogos são de John Casey. » Animal’Z De Enki Bilal. Ficção científica a partir de um desastre ecológico, que altera dramaticamente o planeta. O autor é iugoslavo, tem 61 anos e criou Nikopol, publicada na íntegra no Brasil. » Boule & Bill Traz a história, sempre de uma página, do garoto e do cachorro bagunceiros criados por Jean Roba. A HQ é desenvolvida pelo francês Laurent Verron. » Das areias do tempo De Wellington Srbek e Will. Outro volume da série Mitos recriados, sobre deuses antigos do Egito. » A tempestade e Macbeth Assinados, respectivamente, por Lillo Parra e a dupla Marcela Godoy-Rafael Vasconcellos. Títulos da Coleção Shakespeare, criados a partir das tramas escritas pelo bardo inglês. » Força animal De Wellington Srbek e Zullo. Estreia o quarteto de garotos que adoram esportes e recebem de uma deusa superpoderes para defender a natureza.



VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE E-MAIS